„Todas as tragédias que se podem imaginar reduzem-se a uma mesma e única tragédia: o transcorrer do tempo.“

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História
Simone Weil photo
Simone Weil49
1909 - 1943

Citações relacionadas

Oscar Wilde photo
Paulo Coelho photo

„A única chance que uma tragédia nos dá: a de reconstruir nossa vida.“

—  Paulo Coelho escritor e letrista brasileiro 1947

O Monte Cinco - página 158, Paulo Coelho - Objetiva, 1996, ISBN 8573020954, 9788573020953 - 280 páginas
Outras

George G. Byron photo
Fernando Pessoa photo
Paul Géraldy photo
Ville Valo photo
Theodore Roosevelt photo
Josef Stalin photo

„Uma única morte é uma tragédia; um milhão de mortes é uma estatística.“

—  Josef Stalin secretário geral do Partido Comunista da União Soviética 1879 - 1953

citado por Julia Solovyova, in: Mustering Most Memorable Quips http://bailey83221.livejournal.com/87856.html; historiadores russos não confirmam a citação, conforme discutido por Konstantin Dushenko (Константин Душенко) no Dicionário de Citações Modernas (Словарь современных цитат: 4300 ходячих цитат и выражений ХХ века, их источники, авторы, датировка).
Falsas Atribuições

Dorothy Parker photo

„Não são as tragédias que nos matam, são as confusões.“

—  Dorothy Parker 1893 - 1967

It's not the tragedies that kill us, it's the messes.
Dorothy Parker in her own words - página 80, Dorothy Parker, Barry Day - Taylor Trade Pub., 2004, ISBN 1589790715, 9781589790711 - 203 páginas

Ronnie Radke photo
Oscar Wilde photo
Jeffrey Eugenides photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Kurt Cobain photo

„Obrigado pela tragédia. Eu preciso dela para minha arte.“

—  Kurt Cobain Vocalista, guitarrista, compositor e músico 1967 - 1994

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Arthur C. Clarke photo

„A beleza não elimina a tragédia, mas a torna suportável.“

—  Rubem Alves psicanalista, educador, teólogo e escritor brasileiro 1933 - 2014

Ralph Waldo Emerson photo
Oscar Wilde photo

„As nossas tragédias são sempre de uma profunda banalidade para os outros.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Variante: As tragédias dos outros são sempre de uma banalidade exasperante.

Tópicos relacionados