„Quanto mais se ama uma mulher mais pronto se está a odiá-la.“

Última atualização 27 de Abril de 2018. História
Tópicos
mulheres, mulher
François de La  Rochefoucauld photo
François de La Rochefoucauld488
Escritor, moralista e memorialista francês 1613 - 1680

Citações relacionadas

Friedrich Hebbel photo
Carmen Sylva photo
Paolo Mantegazza photo

„A mulher pensa como ama, o homem ama como pensa“

—  Paolo Mantegazza 1831 - 1910

La donna pensa come ama, l' uomo ama come pensa.
Archivio per l'antropologia e l'etnologia , 1871

Charles Louis Montesquieu photo
Oscar Wilde photo

„O homem tem a idade da mulher que ele ama.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Lucio Anneo Seneca photo
Sófocles photo
Jacques Brell photo

„Quando um homem não tem medo de dormir com uma mulher, não a ama.“

—  Jacques Brell 1929 - 1978

Quand un homme n'a pas peur de coucher avec une femme, c'est qu'il ne l'aime pas
citado em "Grand Jacques: le roman de Jacques Brel‎" - Página 92, de Marc Robine - Editions A. Carrière/Edtions du Verbe (Chorus), 1998, ISBN 2843370663, 9782843370663 - 670 páginas
Atribuídas

Machado de Assis photo

„Não se ama duas vezes a mesma mulher.“

—  Machado de Assis, livro Memórias Póstumas de Brás Cubas

"Memórias Póstumas de Brás Cubas" (1881), capítulo XLIV; veja (wikisource)
Romances, Memórias Póstumas de Brás Cubas

George G. Byron photo

„A sua primeira paixão, a mulher ama seu amante; em todas as outras ela só ama o amor.“

—  George G. Byron 1788 - 1824

Variante: Na sua primeira paixão, a mulher ama o seu amante; em todas as outras, do que ela gosta é do amor.

Jane Austen photo

„Sua filha gozava de um grau de popularidade incomum para uma mulher que não era jovem, nem bonita, nem rica e nem casada. A Srta. Gates pertencia à pior categoria do mundo para obter a simpatia das pessoas e não possuía nenhuma qualidade intelectual para causar admiração ou assustar os que poderiam odiá-la, induzindo-os assim a respeitá-la; jamais ostentara que beleza, quer inteligência.“

—  Jane Austen, livro Emma

Her daughter enjoyed a most uncommon degree of popularity for a woman neither young, handsome, rich, nor married. Miss Bates stood in the very worst predicament in the world for having much of the public favour; and she had no intellectual superiority to make atonement to herself, or frighten those who might hate her into outward respect. She had never boasted either beauty or cleverness.
Emma, Volume 1, Chapter 3
Emma

Friedrich Schlegel photo
Anaïs Nin photo
Jean de La Bruyere photo
Felipe Folgosi photo

Tópicos relacionados