Frases de Carmen Sylva

Carmen Sylva foto

27   0

Carmen Sylva

Data de nascimento: 29. Dezembro 1843
Data de falecimento: 2. Março 1916
Outros nomes: Carmen Sylvová

Isabel Paulina Otília Luísa de Wied VA foi a rainha consorte do rei Carlos I da Romênia. Era também bastante conhecida por seu nome literário, Carmen Sylva.


„Não será a dúvida que distingue o homem dos brutos?“

„Querer seria poder se todos os meios fossem bons.“


„As mulheres são más, especialmente por culpa dos homens; os homens são maus, especialmente por culpa das mulheres.“

„A alegria é a vida vista atrás de um raio de sol.“

„Onde vai a esperança quando nos deixa? Vai cavar a nossa sepultura.“

„Deus perdoa. A natureza nunca.“

„A experiência é como uma mulher a quem todos rendem homenagem sem tratar de averiguar se o seu passado é irrepreensível.“

„Os ciúmes de um namorado são uma homenagem; os de um marido são um insulto.“


„Há só uma felicidade: o dever. Só uma consolação: o trabalho. Só um gozo: o belo.“

„Uma mulher é apedrejada pela ação que poderia ter sido praticada por um homem perfeito.“

„As moscas são como os jornalistas: para eles nada é sagrado.“

„Lutamos contra os defeitos que nos fazem sofrer a nós mesmos; e afagamos os defeitos que fazem sofrer os outros.“


„A virtude, bem observada, não é mais do que o sentimento e a necessidade do belo na ordem moral.“

„A religião inspirou sempre os artistas; mas estes raramente foram santos.“

„Uma mulher é apedrejada pela acção que poderia ter sido praticada por um homem perfeito.“

„O homem ama acima de tudo a mulher; a mulher ama acima de tudo os filhos.“

Autores parecidos