„O amor é o desejo de alcançar a amizade de uma pessoa que nos atrai pela beleza.“

—  Cícero

Cícero photo
Cícero209
orador e político romano -106 - -43 a.C.

Citações relacionadas

Torquato Tasso photo
William Shakespeare photo

„A beleza atrai os ladrões mais do que o ouro.“

—  William Shakespeare, livro The Plays of William Shakespeare

Beauty provoketh thieves sooner than gold
The Plays of William Shakespeare, in Eight Volumes, with the Corrections and Illustrations of Various Commentators; to Wich are Added Notes by Sam Johnson: Volume the second. Containing As you like it. Love's labour's lost. The winter's tale. Twelfthnight: or, what you will. The merry wives of Windsor, Volume 2, página 25 https://books.google.com.br/books?id=9QfJzgeQIiAC&pg=PA25, H. Woodfall, C. Bathurst, J. Beecroft, 1768 - 557 páginas
Outras obras

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Maya Angelou photo
Hermann Hesse photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Maya Angelou photo
Juan Luis Vives photo
Aldous Huxley photo
Mário Quintana photo

„Da Amizade
A amizade é uma espécie de amor que nunca morre…“

—  Mário Quintana Escritor brasileiro 1906 - 1994

(In: Porta Giratória) p. 829 [2]
Frases e Poemas
Variante: A amizade ė um amor que nunca more.

Gotthold Ephraim Lessing photo
George Sand photo

„Amor sem admiração é amizade“

—  George Sand 1804 - 1876

Variante: O amor sem admiração é só amizade.

Simone Weil photo

„A amizade não se busca, não se sonha, não se deseja; ela exerce-se: é uma virtude.“

—  Simone Weil, livro Gravity and Grace

Gravity and Grace
Citações por categoria, Humanidade
Variante: A amizade não se procura, não se imagina, não se deseja; exercita-se (é uma virtude)

George G. Byron photo

„A amizade é o amor sem asas.“

—  George G. Byron 1788 - 1824

Friendship is love without his wings
AMITIE EST L'AMOUR SANS AILES in: "The Works of Lord Byron: Including the Suppressed Poems." Also a Sketch of His Life, página 742 http://books.google.com.br/books?id=AkqCD0HOVF0C&pg=PA742; Por George Gordon Byron Byron; Publicado por J. B. Lippincott & co., 1856; 764 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“