„A primeira condição para ser alguma coisa é não querer ser tudo ao mesmo tempo.“

Editado por Martin Svoboda. Última atualização 2 de Agosto de 2020. História

Citações relacionadas

Alceu Amoroso Lima photo

„A primeira condição para se realizar alguma coisa, é não querer fazer tudo ao mesmo tempo.“

—  Alceu Amoroso Lima 1893 - 1983

com o pseudônimo de Tristão de Athayde, citado em "Otimismo em gôtas‎" - Página 56, de R. O. Dantas - 1967 - 191 páginas
Atribuídas

Ramón De Campoamor Y Campoosorio photo
Gustave Flaubert photo
Ricardo Araújo Pereira photo

„Pode ser que o Primeiro Ministro também esteja a governar sem querer.“

—  Ricardo Araújo Pereira 1974

" Voice-mail de Passos Coelho ", Mixórdia de Temáticas 29-10-2012

Andy Warhol photo
Juvenal photo
Thomas Mann photo
Ludwig Van Beethoven photo

„É preciso ser alguma coisa para parecer alguma coisa.“

—  Ludwig Van Beethoven compositor alemão 1770 - 1827

Man muß was sein, wenn man was scheinen will
citado em "Ludwig van Beethoven: Ein musikalisches Charakterbild" - página 223, G. Mensch - F.C.E. Leuckart (C. Sander), 1871 - 298 páginas
Atribuídas

Francis Scott Fitzgerald photo
Bill Gates photo
John Green photo

„Só quero fazer alguma coisa que seja importante. Ou ser alguma coisa importante. Eu só quero ser importante.“

—  John Green Escritor, empresário e vlogger norte-americano 1977

Colin Singleton, p. 126
Quem é Você, Alasca? (2005), O Teorema Katherine (2006)

Adélia Prado photo

„Não tenho tempo algum, pois ser feliz me consome!“

—  Adélia Prado Poetisa e escritora brasileira 1935

O Pelicano, pg 77

Julian Barnes photo
Danilo Gentili photo
Blaise Pascal photo
Edward Everett Hale photo

„Sou um só, mas sou um. Não posso realizar tudo, mas posso fazer alguma coisa. E, por ser incapaz de tudo, não vou recusar o pouco que posso fazer.“

—  Edward Everett Hale 1822 - 1909

I am only one ; But still I am one. I cannot do everything ; But still I can ... I will not refuse to do something that I can do.
citado em "Essentials of English Composition‎" - Página 269, de Horace Sumner Tarbell, Martha Tarbell - Publicado por Ginn & company, 1902 - 281 páginas

Tópicos relacionados