„Na vida só a morte é exacta. O resto balança nas duas margens da dúvida.“

—  Mia Couto, A Varanda do Frangipani

Citações relacionadas

Miguel de Unamuno photo
Platão photo
Virginia Woolf photo

„A beleza do mundo, que muito em breve perecerá, tem duas margens, uma do riso e outra da angústia, que cortam o coração em duas metades.“

—  Virginia Woolf, livro Um Teto Todo Seu
The beauty of the world, which is so soon to perish, has two edges , one of laughter, one of anguish, cutting the heart asunder. A room of one's own - página 17, Virginia Woolf, Editora Harcourt, Brace & World, 1957, ISBN 0156787326, 9780156787321, 117 páginas

Vergílio Ferreira photo
Ambrose Bierce photo
Fabrício Carpinejar photo
Vergílio Ferreira photo
Rudolf von Ihering photo

„A justiça tem numa das mãos a balança em que pesa o direito, e na outra a espada de que se serve para o defender. A espada sem a balança é a força brutal, a balança sem a espada é a impotência do direito.“

—  Rudolf von Ihering professor académico alemão 1818 - 1892
Darum führt die Gerechtigkeit, die in der einen Hand die Wagschale hält, mit welcher sie das Recht abwägt, in der andern das Schwert, mit dem sie es behauptet. Das Schwert ohne die Wage ist nackte Gewalt, die Wage ohne das Schwert die Ohnmacht des Rechts. Der Kampf um's Recht‎ - Página 1, de Rudolf von Jhering - Publicado por Manz, 1877 - 100 páginas

Robert Half photo
Aleister Crowley photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Woody Allen photo
Louis-ferdinand Céline photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“

x