Frases de George Patton

George Patton photo
9   58

George Patton

Data de nascimento: 11. Novembro 1885
Data de falecimento: 21. Dezembro 1945
Outros nomes: Georg S. Patton, Джордж Смит Паттон

George Smith Patton, Jr. foi o general do 3º Exército dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. Conhecido como "Old Blood and Guts", era amado e odiado pelos seus soldados . Amado por ser considerado um guerreiro nato e odiado pelo fato de ser rígido ao ponto de não admitir que seus soldados sofressem fadiga: "este é um santuário para guerreiros, tirem estes covardes daqui, eles fedem" declarou certa vez sobre internados por fadiga de batalha na tomada de Palermo ao visitar um dos hospitais de campanha montados para receber os feridos.

Foi cotado para ser o líder da operação Overlord, mas perdeu o cargo para o seu então vice-comandante Omar Bradley. Patton, então, comandou o avanço do 3º Exército dos EUA durante os anos de 1944 e 1945, quando seus homens cruzaram a Europa numa velocidade espantosa, libertando cerca de 12 mil cidades e povoados.

Num curto intervalo de tempo percorreram 2 mil quilômetros e reconquistaram 200 mil quilômetros quadrados de território. Patton e sua tropa fizeram 1,2 milhão de prisioneiros, deixando igualmente para trás 386 mil feridos e mais de 144 mil soldados mortos. Em resumo, retiraram de combate mais de 1,8 milhão de soldados inimigos. Estes números tão impressionantes muito se devem a dois dos principais traços da sua personalidade: a capacidade de liderança e a extrema ousadia para ignorar ordens superiores.

Por trás do general sisudo escondia-se um homem de contrastes . De um lado, um herói americano: patriota, casado, pai de duas filhas e dono de um bull terrier chamado Willie. De outro, um homem cheio de extravagâncias: falava francês, fazia poesias e gostava de desenhar seus uniformes, usava uma pistola Colt 45 com cabo revestido de marfim e suas iniciais gravadas em preto, mas xingava "como um caminhoneiro". Acreditava em reencarnação. Jurava ter lutado em Troia, tomado parte das legiões romanas de Júlio César contra Vercingetórix, ter sido o comandante cartaginês Aníbal Barca e ter participado das guerras napoleônicas. Orava de joelhos; como prova de sua religiosidade, pode-se conferir em seu livro autobiográfico, escrito durante as batalhas, intitulado "A guerra que eu vi", que certa vez pediu a um capelão que fizesse uma oração pedindo a Deus que melhorasse o clima, para que assim a operação prevista continuasse em andamento. Como tal oração de fato surtiu o efeito esperado, Patton condecorou o capelão alegando que este tinha "boas relações com Ele lá em cima". Era um dos generais mais ricos do exército dos Estados Unidos e foi graduado pela Academia Militar de West Point. Patton mais tarde seria acusado de acumular relíquias da guerra, tais como um canhão, em sua residência.

Patton, pouco antes do fim da Segunda Grande Guerra Mundial, disse que era preciso atacar os bolcheviques, pois esses iriam "armar" algo . Esse "algo" acabou se transformando na Guerra Fria. Patton pagou por ter uma personalidade que não lhe permitia ficar calado sob quaisquer circunstância. Certa vez disse , referindo-se à guerra, "Deus que me perdoe, mas eu amo isso" enquanto observava juntamente com seus subordinados um recente campo de batalha. Destacava-se dos demais generais, da época e da atualidade, pois frequentemente era visto nos fronts das batalhas. Um dos seus maiores feito foi libertar a 101ª divisão Aerotransportada da floresta de Ardenas, no que ficou conhecido como Cerco de Bastogne, embora os militares desta divisão tenham alegado nunca terem precisado ou pedido sua ajuda para sair de lá .

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?

„O objetivo da guerra não é dar a vida por seu país, mas fazer com que o inimigo dê a vida pelo seu.“

—  George Patton

The object of war is not to die for your country but to make the other bastard die for his.
citado em "Winner Within Success‎" - Página 185, Pat Riley - Penguin Group (USA) Incorporated, 1993, ISBN 0399139109, 9780399139109 - 271 páginas

„Quando quero que meus homens se lembrem de alguma coisa importante, capricho nos palavrões. Pode não soar bem entre um bando de velhinhas, mas ajuda meus soldados.“

—  George Patton

When I want my men to remember something important, to really make it stick, I give it to them double dirty. It may not sound nice to some bunch of little old ladies at an afternoon tea party, but it helps my soldiers to remember.
citado em "The unknown Patton"‎ - Página 26-27, Charles M. Province - Hippocrene Books, 1983, ISBN 0882546414, 9780882546414 - 261 páginas

„Sucesso é o impulso com que você pula depois que bateu no fundo.“

—  George Patton

Success is how high you bounce after you hit bottom.
citado em "God's Little Devotional Journal for Women‎" - Página 4, Honor Books, David C. Cook - David C. Cook, 2000, ISBN 1562926438, 9781562926434 - 384 páginas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?

„A pint of sweat will save a gallon of blood.“

—  George S. Patton

Letter (3 March 1944), later published in War As I Knew It (1947) Similar expressions were also used in his famous "Speech to the Third Army" in June 1944. The phrase is similar to one attributed to Erwin Rommel, "Sweat saves blood, blood saves lives, and brains saves both", and to an even older one by August Willich: "A drop of sweat on the drill ground will save many drops of blood on the battlefield" from The Army: Standing Army or National Army? (1866)

„So forever in the future,
Shall I battle as of yore,
Dying to be born a fighter,
But to die again, once more.“

—  George S. Patton

Through A Glass, Darkly (1918)
Contexto: So as through a glass, and darkly
The age long strife I see
Where I fought in many guises,
Many names, but always me. And I see not in my blindness
What the objects were I wrought,
But as God rules o'er our bickerings
It was through His will I fought. So forever in the future,
Shall I battle as of yore,
Dying to be born a fighter,
But to die again, once more.

„Pushing means fewer casualties. I want you all to remember that.“

—  George S. Patton

Speech to the Third Army (1944)
Contexto: From time to time there will be some complaints that we are pushing our people too hard. I don't give a good Goddamn about such complaints. I believe in the old and sound rule that an ounce of sweat will save a gallon of blood. The harder we push, the more Germans we will kill. The more Germans we kill, the fewer of our men will be killed. Pushing means fewer casualties. I want you all to remember that.

„Men, this stuff that some sources sling around about America wanting out of this war, not wanting to fight, is a crock of bullshit. Americans love to fight, traditionally.“

—  George S. Patton

Speech to the Third Army (1944)
Contexto: Men, this stuff that some sources sling around about America wanting out of this war, not wanting to fight, is a crock of bullshit. Americans love to fight, traditionally. All real Americans love the sting and clash of battle. You are here today for three reasons. First, because you are here to defend your homes and your loved ones. Second, you are here for your own self respect, because you would not want to be anywhere else. Third, you are here because you are real men and all real men like to fight.

„There is only one tactical principle which is not subject to change. It is to use the means at hand to inflict the maximum amount of wound, death, and destruction on the enemy in the minimum amount of time.“

—  George S. Patton

As quoted in Liberalism is a Mental Disorder : Savage Solutions‎ (2005) by Michael Savage, Ch. 1 : More Patton, Less Patent Leather, p. 4

„Men are at war with each other because each man is at war with himself.“

—  George S. Patton

This is almost always attributed to US Ambassador Francis Meehan http://www.nndb.com/people/060/000121694/, though without citations, and only very rarely to Patton.
Misattributed

„I have the utmost confidence that through your efforts we will eventually beat the hell out of those bastards — "You name them; I'll shoot them!"“

—  George S. Patton

Letter to Dwight D. Eisenhower (1942); to this Eisenhower replied: "I don't have the slightest trouble naming the hellions I'd like to have you shoot; my problem is to figure out some way of getting you to the place you can do it." as quoted in Eisenhower : A Soldier's Life (2003) by Carlo D'Este, p. 301
Contexto: Of all the many talks I had in Washington, none gave me such pleasure as that with you. There were two reasons for this. In the first place, you are about my oldest friend. In the second place, your self-assurance and to me, at least, demonstrated ability, give me a great feeling of confidence about the future … and I have the utmost confidence that through your efforts we will eventually beat the hell out of those bastards — "You name them; I'll shoot them!"

„Of all the many talks I had in Washington, none gave me such pleasure as that with you.“

—  George S. Patton

Letter to Dwight D. Eisenhower (1942); to this Eisenhower replied: "I don't have the slightest trouble naming the hellions I'd like to have you shoot; my problem is to figure out some way of getting you to the place you can do it." as quoted in Eisenhower : A Soldier's Life (2003) by Carlo D'Este, p. 301
Contexto: Of all the many talks I had in Washington, none gave me such pleasure as that with you. There were two reasons for this. In the first place, you are about my oldest friend. In the second place, your self-assurance and to me, at least, demonstrated ability, give me a great feeling of confidence about the future … and I have the utmost confidence that through your efforts we will eventually beat the hell out of those bastards — "You name them; I'll shoot them!"

Autores parecidos

Ronald Reagan photo
Ronald Reagan21
político estadunidense, 40° Presidente dos Estados Unidos
Winston Churchill photo
Winston Churchill115
Político britânico
Franklin Delano Roosevelt photo
Franklin Delano Roosevelt24
32º presidente dos Estados (1933-1945)
John Fitzgerald Kennedy photo
John Fitzgerald Kennedy60
35º Presidente dos Estados Unidos
Martin Luther King Junior photo
Martin Luther King Junior102
líder do movimento dos direitos civis dos negros nos Estado…
Francisco Franco photo
Francisco Franco1
ditador espanhol
Charles de Gaulle photo
Charles de Gaulle30
18° presidente da República Francesa, Líder da França Livre…
Aniversários de hoje
John Wesley photo
John Wesley6
Líder do movimento metodista 1703 - 1791
Clodovil Hernandes photo
Clodovil Hernandes28
estilista, apresentador e político brasileiro 1937 - 2009
Ajahn Chah photo
Ajahn Chah7
1918 - 1992
Bussunda photo
Bussunda23
1962 - 2006
Outros 46 aniversários hoje
Autores parecidos
Ronald Reagan photo
Ronald Reagan21
político estadunidense, 40° Presidente dos Estados Unidos
Winston Churchill photo
Winston Churchill115
Político britânico
Franklin Delano Roosevelt photo
Franklin Delano Roosevelt24
32º presidente dos Estados (1933-1945)
John Fitzgerald Kennedy photo
John Fitzgerald Kennedy60
35º Presidente dos Estados Unidos