„A política é uma guerra sem derramamento de sangue, e a guerra uma política com derramamento de sangue.“

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História
Mao Tsé-Tung photo
Mao Tsé-Tung27
político, teórico e revolucionário chinês e 1° Presidente d… 1893 - 1976

Citações relacionadas

Luis Buñuel photo
Menachem Begin photo

„Chega de guerras, derrame de sangue e de ameaças“

—  Menachem Begin 1913 - 1992

Comunicado ao povo egípcio http://www.mfa.gov.il/MFA/Foreign%20Relations/Israels%20Foreign%20Relations%20since%201947/1977-1979/65%20Broadcast%20by%20Prime%20Minister%20Begin%20to%20the%20Egypti, 11 de Novembro de 1977.

Ban Ki-moon photo

„Continuam alimentando a máquina da guerra também têm sangue nas mãos.“

—  Ban Ki-moon diplomata e político sul-coreano, Ex-secretário geral da ONU 1944

Terra https://noticias.terra.com.br/paises-que-alimentam-guerra-siria-tem-sangue-nas-maos-diz-ban-ki-moon,f05bdb3bfaa96fa5a341181cd01d45cajz6as6wr.html — 16/10/2016

Karl von Clausewitz photo

„A guerra nada mais é que a continuação da política por outros meios.“

—  Karl von Clausewitz 1780 - 1831

Der Krieg ist eine bloße Fortsetzung der Politik mit anderen Mitteln.
Leben des generals Carl von Clausewitz und der Frau Marie von Clausewitz geb. gräfin von Brühl: Volumes 1-2 - página 494, Karl Schwartz - F. Dümmler, 1878

Benedita da Silva photo

„Quem sabe faz a hora e faz a luta; e a minha (sic) bíblia está escrito que sem derramamento de sangue, não haverá redenção. Vou à luta, e vamos à luta, com qualquer que seja as nossas armas.“

—  Benedita da Silva política brasileira 1943

Durante o evento “Estado de Direito ou Estado de Exceção”, promovido pelo PT — 29 de maio de 2017
Fonte: Instituto Liberal de São Paulo http://www.ilisp.org/noticias/deputada-petista-defende-derramamento-de-sangue-e-e-aplaudida-de-pe-em-evento-do-pt/

Winston Churchill photo

„Política é quase tão excitante quanto a guerra, e quase tão perigosa. Na guerra você é morto uma vez, mas, em política, várias vezes.“

—  Winston Churchill Político britânico 1874 - 1965

Politics are almost as exciting as war, and quite as dangerous. In war you can only be killed once, but in politics many times.
The Churchill wit - página 5, Sir Winston Churchill, Bill Adler, Editora Coward-McCann, 1965, 85 páginas

Winston Churchill photo
Otto Von Bismarck photo
Mia Couto photo

„A guerra cria um outro ciclo no tempo. Já não são os anos, as estações que marcam as nossas vidas. Já não são as colheitas, as fomes, as inundações. A guerra instala o ciclo do sangue. Passamos a dizer: "antes da guerra, depois da guerra". A guerra engole os mortos e devora os sobreviventes.“

—  Mia Couto 1955

A Varanda do Frangipani
Variante: A guerra cria um outro ciclo no tempo. Já não são os anos, as estações que marcam as nossas vidas. Já não são as colheitas, as fomes, as inundações. A guerra instala o ciclo do sangue. Passamos a dizer: “antes da guerra, depois da guerra”. A guerra engole os mortos e devora os sobreviventes.

Leonid Brejnev photo

„É loucura para qualquer país construir a sua política com um olho para uma guerra nuclear.“

—  Leonid Brejnev 1906 - 1982

It is madness for any country to build its policy with an eye to nuclear war.
citado em "Indefensible weapons: the political and psychological case against nuclearism" - página 224 - por Robert Jay Lifton, Richard A. Falk - History - 1982

Ambrose Bierce photo
Augusto Tasso Fragoso photo

„Senhor presidente, venho mais uma vez patentear-lhe a minha lealdade, assegurando-lhe a vida, e desejo comunicar-lhe que a junta governativa já está formada e pede a vossa excelência sua renúncia, a fim de evitar mais derramamento de sangue (…) Então não há mais nada a fazer.“

—  Augusto Tasso Fragoso escritor e militar brasileiro 1869 - 1945

O Último Tenente, de Juracy Magalhães em depoimento a J. Gueiros — editora Record http://books.google.com.br/books?id=Nh7j0ff1KrgC&printsec=frontcover
antes de prender o presidente, diante de uma resposta negativa.Washington Luís.

Robert Ryan photo
Francois Fénelon photo

„Todas as guerras são civis, porque é sempre homem contra homem, que espalha o seu próprio sangue“

—  Francois Fénelon 1651 - 1715

Toutes les guerres sont civiles; car c'est toujours l'homme contre l'homme, qui répand son prope sang
"Dialogues des Morts" in: "Oeuvres de Fénélon"‎ - Tome XIX Página 194 http://books.google.com.br/books?id=xJQNAAAAIAAJ&pg=PA194, de François de Salignac de La Mothe- Fénelon, Augustin Pierre Paul Caron, Jean Edme Auguste Gosselin - Publicado por J. A. Lebel, 1823

Francois Fénelon photo

„Todas as guerras são civis, pois é sempre homem contra o homem que derrama seu próprio sangue, rasgando suas próprias entranhas.“

—  Francois Fénelon 1651 - 1715

Toutes les guerres sont civiles; car c'est toujours l'homme contre l'homme qui répand son propre sang, qui déchire ses propres entrailles.
Nouveau dialogus des morts - Página 65 http://books.google.com.br/books?id=adU5AAAAcAAJ&pg=PA65, François de Salignac de La Mothe Fénelon - 1745

Vladimir Mayakovsky photo
Bernard Cornwell photo
Pedro II do Brasil photo