„Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto.“

Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa928
poeta português 1888 - 1935
Publicidade

Citações relacionadas

Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa photo
Publicidade
Oscar Niemeyer photo
Publicidade
Oscar Wilde photo
Millôr Fernandes photo
Publicidade
Ernest Hemingway photo
Paul Valéry photo
Elena Bonner photo
Próximo