„A mulher é a mais bela das aves que existe na terra.“

Última atualização 27 de Abril de 2018. História
Alfred De Musset photo
Alfred De Musset37
1810 - 1857

Citações relacionadas

Millôr Fernandes photo

„Uma mulher nunca é tão bela quanto já foi.“

—  Millôr Fernandes cartunista, humorista e dramaturgo brasileiro. 1923 - 2012

Citações verificadas

Julio César photo

„A mulher é feia ou bela, conforme os olhos que a vêem.“

—  Julio César Consul Vitalício romano/Ditador romano -100 - -44 a.C.

„As mulheres constituem a metade mais bela do mundo.“

—  Rousseau

Variante: A mulher é a mais bela metade do mundo.

François de La  Rochefoucauld photo
Mia Couto photo
Stendhal photo
Marlene Dietrich photo

„O homem médio está mais interessado numa mulher que esteja interessada nele do que numa mulher com belas pernas.“

—  Marlene Dietrich 1901 - 1992

The average man is more interested in a woman who is interested in him than he is in a woman — any woman — with beautiful legs.
Marlene Dietrich em 13 de dezembro de 1954, como citado em "The Quotable woman, 1800-1975" - página 290, Elaine Partnow - Corwin Books, 1978, ISBN 0894740067, 9780894740060 - 539 páginas
Atribuídas

Friedrich Schiller photo
Aristoteles photo

„Deixei uma ave me amanhecer.“

—  Manoel de Barros poeta brasileiro 1916 - 2014

Nikos Kazantzakis photo

„Existe apenas uma mulher no mundo. Uma mulher, com muita faces.“

—  Nikos Kazantzakis, livro A Última Tentação de Cristo

A Última Tentação de Cristo (1951)

Carl Sagan photo

„Se não existe vida fora da terra, então universo é um grande desperdício de espaço.“

—  Carl Sagan grande cientista do séc XX, criador da aclamada série Cosmos: An Personal Voyager e desenvolvedor no conteúdo dos Disco… 1934 - 1996

citado em Frases Geniais - página 347, Paulo Buchsbaum, Ediouro Publicações, ISBN 8500015330, 9788500015335, 440 páginas

Selma Lagerlöf photo
Jacques Prevért photo
Álvares de Azevedo photo

„Todo o vaporoso da visão abstrata não interessa tanto como a realidade da bela mulher a quem amamos.“

—  Álvares de Azevedo poeta, ensaísta, contista e dramaturgo paulista (1831-1852) 1831 - 1852

Poemas Malditos

Tópicos relacionados