„Tente a sua sorte! A vida é feita de oportunidades. O homem que vai mais longe é quase sempre aquele que tem coragem de arriscar.“

Última atualização 8 de Julho de 2019. História

Citações relacionadas

François de La  Rochefoucauld photo

„No amor, o engano vai quase sempre mais longe do que a desconfiança.“

—  François de La Rochefoucauld Escritor, moralista e memorialista francês 1613 - 1680

Variante: No amor, o engano vai quase sempre mais longe que a desconfiança.

„Eu tive sorte, minha estrela brilhou, Deus me deu uma oportunidade, agarrei e tento fazer dessa oportunidade o melhor possível.“

—  Débora Rodrigues 1968

Ao explicar o porquê de seu sucesso na vida após ter vindo de uma origem tão humilde.
Fonte: em entrevista ao portal iG Gente, em 20 de dezembro de 2011.

Woody Allen photo

„Talento é sorte. A coisa importante na vida é ter coragem.“

—  Woody Allen cineasta, roteirista, escritor, ator e músico norte-americano 1935

Émile Henry photo

„Camaradas, Coragem! Longa Vida a Anarquia!“

—  Émile Henry 1872 - 1894

Ao receber sua sentença, no momento em que estava sendo retirado do tribunal

William Shakespeare photo

„A oportunidade nunca é perdida. Alguém sempre vai aproveitar as que você perdeu.“

—  William Shakespeare dramaturgo e poeta inglês 1564 - 1616

Variante: Aprendi que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu.

Rachel Cohn photo
Clarice Lispector photo
André Malraux photo
Jonas Salk photo
Henning Mankell photo

„Mesmo que tu já tenhas feito uma longa caminhada, há sempre um caminho a fazer.“

—  Santo Agostinho

Variante: Mesmo que já tenha feito uma longa caminhada, sempre haverá mais um caminho a percorrer.

Severo Catalina photo

„O ciúme manifestado pelo homem quase sempre é infundado e sempre inflama a mulher. O ciúme mostrado pela mulher quase sempre é procedente e jamais inflama o homem.“

—  Severo Catalina 1832 - 1871

Los celos del hombre son casi siempre infundados é infaman á la mujer: los celos de la mujer son casi siempre justos y no infaman al hombre
Severo Catalina in: "El Amor", publicado no "El Sueco" (periodico semanal literario), ano IV, [ num 155 http://pista.dva.gva.es/cmpal/download/46235/2006-10/20/EL_SUECO%2302-03-1912.PDF, 2 de março de 1912, página 2171