„O primeiro amor é um pouco de loucura e muita curiosidade.“

First love is only a little foolishness and a lot of curiosity
John Bull's Other Island: And Major Barbara: And Major Barbara: Also How He Lied to Her Husband - página 100, Bernard Shaw - A. Constable, 1907 - 293 páginas
Variante: O primeiro amor é uma pequena loucura e uma grande curiosidade.

Original

First love is only a little foolishness and a lot of curiosity.

Obtido da Wikiquote. Última atualização 22 de Maio de 2020. História

Citações relacionadas

Alexander Pope photo
Friedrich Nietzsche photo
Calderón de la Barca photo
Fabrício Carpinejar photo
Horacio photo
Vinícius de Moraes photo
Plutarco photo
Tati Bernardi photo
Dorothy Parker photo

„A cura para o tédio é curiosidade. Não há cura para a curiosidade.“

—  Dorothy Parker 1893 - 1967

The cure for boredom is curiosity. There is no cure for curiosity
citado em Business research methods - página 111, William G. Zikmund, William G. Zikmund - Thomson/South-Western, 2003, ISBN 0030350840, 9780030350849 - 748 páginas
amplamente atribuido a Dorothy Parker e Ellen Parr, mas a origem é desconhecida.
Atribuídas

Millôr Fernandes photo
João Guimarães Rosa photo

„Qualquer amor é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura.“

—  João Guimarães Rosa 1908 - 1967

Grande Sertão Veredas
Variante: Qualquer amor já é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura.

Samuel Johnson photo

„O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.“

—  Samuel Johnson 1709 - 1784

love... it was the wisdom of a fool, and the folly of the wise
citado em Memoirs of Samuel Foote, Esq: with a collection of his genuine ... - Página 154 http://books.google.com.br/books?id=RswJk2PH6ooC&pg=PA154, William Cook - R. Phillips, 1805
Atribuídas

Friedrich Nietzsche photo
Rafael Brito photo
Friedrich Nietzsche photo

„O casamento transforma muitas loucuras curtas em uma longa estupidez.“

—  Friedrich Nietzsche, livro Assim Falou Zaratustra

Und eure Ehe macht vielen kurzen Torheiten ein Ende, als eine lange Dummheit.
Also sprach Zarathustra: ein Buch für alle und keinen - página 69, Friedrich Wilhelm Nietzsche - Reclam Verlag, 1958 - 351 páginas
Assim falou Zaratustra

Marcial photo

Tópicos relacionados