„As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.“

Variante: As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido

Última atualização 22 de Maio de 2020. História
Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português 1888 - 1935

Citações relacionadas

Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa photo
Érico Veríssimo photo
Cecília Meireles photo
Cazuza photo
David Herbert Lawrence photo

„Eu nunca vi algo selvagem ter pena de si mesmo, um pássaro cairá morto de um galho sem jamais ter sentido pena de si mesmo.“

—  David Herbert Lawrence 1885 - 1930

"I never saw a wild thing / Sorry for itself. / A small bird will drop frozen dead from a bough / without ever having felt sorry for itself."
The Complete poems of D. H. Lawrence, Página 13 http://books.google.com.br/books?id=cQYRp8EQrzUC&pg=PR13, David Herbert Lawrence, Wordsworth Editions, 1994 - 352 páginas.

Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa photo
Esopo photo
Gwyneth Paltrow photo
Manuel Maria Barbosa du Bocage photo

„O vento não se mexe, nem respira; / Deixam de namorar-se os passarinhos, / Para me ouvir chorar ao som da lira.“

—  Manuel Maria Barbosa du Bocage escritor português 1765 - 1805

Soneto XXIX in "Rimas". Tomo II - Página 29 http://books.google.com.br/books?id=fsADAAAAQAAJ&pg=PA29, de Manoel Maria de Barbosa du Bocage - publicado por Simão Thadeeo Ferreira, 1802, 372 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“