„Amar a si mesmo é o inicio de um amor para toda a vida.“

Variante: Amar a si mesmo é o começo de um romance para toda a vida

Tópicos
toda, amor, vida, vida, início, amor
Oscar Wilde photo
Oscar Wilde663
Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Citações relacionadas

Epicuro photo
Oscar Wilde photo

„Amar-se a si mesmo é o começo de uma aventura que dura a vida inteira.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Thomas Carlyle photo
Max Reger photo

„Bach é o início e o fim de toda a música.“

—  Max Reger 1873 - 1916

Bach ist Anfang und Ende aller Musik
Bach, de Wallstein Verlag http://books.google.com.br/books?id=BKq9gX0JHN8C&pg=PA103

Florbela Espanca photo
Fernanda Young photo

„O amor deveria ser somente o início.“

—  Fernanda Young Escritora, roteirista e atriz brasileira 1970 - 2019

Entrevista ao GPG

Wayne Walter Dyer photo
George G. Byron photo

„Na vida do homem, o amor é uma coisa à parte, na da mulher, é toda a vida.“

—  George G. Byron, Don Juan

Man's love is of man's life a thing apart; Tis a woman's whole existence.
"Don Juan", Canto I, CXCIV - página 100 http://books.google.com.br/books?id=JSbiUkpjDuoC&pg=PA100; de George Gordon Byron Byron - Publicado por M. Thomas, 1819 - 194 páginas

Alphonse De Lamartine photo
James Joyce photo

„O amor ama amar o amor.“

—  James Joyce escritor irlandês do século XX, mais conhecido por escrever Ulisses 1882 - 1941

Remy de Gourmont photo

„O homem começa por amar o amor e acaba por amar uma mulher. A mulher começa por amar um homem e acaba por amar o amor.“

—  Remy de Gourmont 1858 - 1915

L'homme commence par aimer l'amour et finit par aimer une femme. La femme commence par aimer un homme et finit par aimer l'amour.
Promenades philosophiques‎ - v.3, Página 285, de Remy de Gourmont - Publicado por Mercure de France, 1925

Paolo Mantegazza photo

„Que vida de inferno é a vida do ciumento! Antes não amar, do que amar desse modo.“

—  Paolo Mantegazza 1831 - 1910

Qual vita d' inferno ! Val cento volte meglio non amare che amare a questo modo !
"Fisiologia dell'amore ...‎" - Página 185, Paolo Mantegazza - R. Bemporad & Figlio, 1906, 4a. ed. - 344 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“