„A língua é poesia fóssil.“

Última atualização 27 de Abril de 2018. História
Tópicos
língua, poesia
Ralph Waldo Emerson photo
Ralph Waldo Emerson259
1803 - 1882

Citações relacionadas

Andre Rodrigues Costa Oliveira photo
Victor Hugo photo

„Fé na língua do céu é amor na língua dos homens.“

—  Victor Hugo poeta, romancista e dramaturgo francês 1802 - 1885

Giovanni Pascoli photo
Johann Gottlieb Fichte photo

„A língua de um povo é a sua alma.“

—  Johann Gottlieb Fichte professor académico alemão 1762 - 1814

Friedrich Schiller photo
José de Alencar photo

„A língua é a nacionalidade do pensamento.“

—  José de Alencar escritor e romancista brasileiro 1829 - 1877

Fernando Pessoa photo

„Minha Pátria é a língua portuguesa.“

—  Fernando Pessoa poeta português 1888 - 1935

"Autobiografia sem Factos". Assírio & Alvim, Lisboa, 2006, p. 230
Autobiografia sem Factos
Variante: Minha pátria é a língua portuguesa

Félix Lope de Vega photo

„A poesia é a pintura dos ouvidos, assim como a pintura é a poesia dos olhos.“

—  Félix Lope de Vega 1562 - 1635

La poesía es pintura de los oídos, como la pintura poesía de los ojos
Coleccion de la obras sueltas, assi en prosa, como en verso, Volume 16‎ - Página 428 http://books.google.com.br/books?id=jwLY3VrWYIMC&pg=PA428, Lope de Vega - Impr. de A. de Sancha, 1778

Leonardo Da Vinci photo
Ernesto Cardenal photo

„A poesia é também profecia, no sentido de que é anúncio de um mundo melhor e, ao mesmo tempo, denúncia das imundícies presentes. Essa é a poesia da Bíblia, que foi a principal poesia da humanidade.“

—  Ernesto Cardenal 1925

Fonte: "Os cristãos têm que ser críticos com a Igreja". Entrevista com Ernesto Cardenal http://www.ihu.unisinos.br/noticias/noticias-arquivadas/32351-os-cristaos-tem-que-ser-criticos-com-a-igreja-entrevista-com-ernesto-cardenal, acesso em 20 de fevereiro de 2016.

Friedrich Gottlieb Klopstock photo
Alfred De Vigny photo
Alphonse De Lamartine photo
Voltaire photo

„A pintura é poesia sem palavras.“

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

Gilberto Gil photo

„A poesia não é nem pode ser lógica. A raiz da poesia assenta precisamente no absurdo“

—  José Luis Hidalgo 1919 - 1947

La poesía no puede ser lógica... La raíz misma de la poesía reside precisamente en el absurdo
Los muertos - Página 14, José Luis Hidalgo, Juan Antonio González Fuentes - Ed. Universidad de Cantabria, 1997, ISBN 848102161X, 9788481021615, 115 páginas

„A língua é como um rio: sem margens, desaparece.“

—  João Carreira Bom 1945 - 2002

citação da abertura no site ciberduvidas.pt http://www.ciberduvidas.pt/aberturas.php?id=169, onde era consultor

Tópicos relacionados