„Somos porque ganhamos. Se perdemos, deixamos de ser.“

Última atualização 2 de Junho de 2020. História
Tópicos
ser
Eduardo Galeano photo
Eduardo Galeano39
1940 - 2015

Citações relacionadas

Marquês de Maricá photo
Benjamin Disraeli photo

„Colônias não deixam de ser colônias só porque ficaram independentes.“

—  Benjamin Disraeli 1804 - 1881

Colonies do not cease to be colonies because they are independent.
Disraeli citado em The Annual Register of World Events: A Review of the Year‎ - Página 20 http://books.google.com.br/books?id=fMUHAAAAIAAJ&pg=PA20, de Edmund Burke - Publicado por Longmans, Green, 1864

Fernando Pessoa photo

„Há sensações que são somos, que ocupam como uma névoa toda a extensão do espírito, que não deixam pensar, que não deixam agir, que não deixam claramente ser.“

—  Fernando Pessoa poeta português 1888 - 1935

"Autobiografia sem Factos". (Assírio & Alvim, Lisboa, 2006, p. 98)
Autobiografia sem Factos

Nora Roberts photo
Mia Couto photo
Fernando Sabino photo
George Bush photo
Tati Bernardi photo
Vladimir Herzog photo

„Quando perdemos a capacidade de nos indignarmos com as atrocidades praticadas contra outros, perdemos também o direito de nos considerarmos seres humanos civilizados.“

—  Vladimir Herzog jornalista assassinado durante o regime militar brasileiro 1937 - 1975

Vladimir Herzog. Instinto de nacionalidade. In: Queda que as mulheres têm para os tolos e outros textos. São Paulo: Crisálida, 2002. página. 57 ISBN978-85-8181-194-9

Henry David Thoreau photo
Oscar Wilde photo
Jostein Gaarder photo
Charles Evans Hughes photo

„Quando se perde o direito de ser diferente, perdemos o privilégio de ser livre.“

—  Charles Evans Hughes 1862 - 1948

When we lose the right to be different, we lose the privilege to be free.
Discurso em Faneuil Hall, Boston, Massachusetts, sobre o 150o aniversário da Batalha de Bunker Hill (17 junho 1925)
Variante: Quando se perde o direito de ser diferente, perdemos o privilégio de ser livre.

Alexandre Dumas, pai photo

„Por mim, creio que estamos mortos há muito tempo: morremos no exato momento em que deixamos de ser úteis.“

—  Sartre

Variante: Por mim, creio que estamos mortos há muito tempo: morremos no exacto momento em que deixamos de ser úteis.

Fabrício Carpinejar photo

Tópicos relacionados