„Há duas formas para se viver a vida: Uma é acreditar que não existe milagre. A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.“

Variante: Há duas formas para viver sua vida: Uma é acreditar que não existe milagres. A outra é acreditar que todas as coisas são um milagres.

Última atualização 22 de Maio de 2020. História
Albert Einstein photo
Albert Einstein297
1879 - 1955

Citações relacionadas

Fernando Pessoa photo
Albert Einstein photo
Erich Maria Remarque photo
Albert Einstein photo
Voltaire photo

„Acreditar em milagres é um absurdo, equivale de certo modo a desonrar a Divindade.“

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

"Dicionário Filosófico", p. 248, 2. ed., São Paulo: Abril Cultural, 1978.

Albert Einstein photo
Albert Einstein photo

„Existem apenas duas maneiras de viver a vida. Uma é tal que nada é um milagre. Na outra, tudo o é.“

—  Albert Einstein 1879 - 1955

A frase é citada por Gilbert Fowler White em um artigo ao Journal of France and Germany (1942-44), em cujo excerto publicado no livro Living with Nature's Extremes: The Life of Gilbert Fowler White http://books.google.com/books?id=_2qfZRp9SeEC&lpg=PP1&pg=PA62#v=onepage&q&f=false (2006) de Robert E. Hinshaw, pág. 62 não se deixa claro se Einstein de fato dizia aquilo na conversa como algo pessoal ou se estava repetindo uma frase. Na ausência de uma fonte primária, a citação é por cautela não atribuída ao físico. A afirmação de que ele "acredita nesta última" não possui fontes e não consta nos registros desta citação. Ademais, Albert Einstein não acreditava em milagres, como explica em uma conversa com David Reichinstein publicada no livro Einstein on Religion (1999) pág. 89, Max Jammer; 1931.
Disputadas
Variante: "Existem apenas duas maneiras de ver a vida. Uma é pensar que não existem milagres e a outra é que tudo é um milagre. Eu acredito nessa última"

Thalles Roberto photo
Henri Poincaré photo
Lya Luft photo
Renato Russo photo
Walt Whitman photo
Artur Rubinstein photo
George Bernard Shaw photo

„O castigo do mentiroso, além de ninguém acreditar nele, é ele não poder mais acreditar nos outros.“

—  George Bernard Shaw 1856 - 1950

Just as the liar's punishment is, not in the least that he is not believed, but that he cannot believe any one else
The quintessence of Ibsenism - página 2, Bernard Shaw - Benj. R. Tucker, 1891 - 170 páginas

Paul Valéry photo
Willa Cather photo
Jean de La Bruyere photo
André Comte-Sponville photo
Stendhal photo

„O amor é o milagre da civilização.“

—  Stendhal, livro On Love

L'amour est le miracle de la civilisation.
De l'amour‎ - Página 56 http://books.google.com.br/books?id=AGZLfFk6uucC&pg=PA56, de Stendhal - Publicado por Michel Lévy frères, 1859 - 367 páginas
De l'amour

Tópicos relacionados