„Ai, nunca mais seus lábios, sua língua, nunca mais sua ardida boca de cebola crua!“

— Jorge Amado, Dona Flor and Her Two Husbands

Tópicos
língua, boca, lábio
Jorge Amado foto
Jorge Amado142
1912 - 2001
Publicidade

Citações relacionadas

Sathya Sai Baba foto
Publicidade
Aluísio Azevedo foto
Adélia Prado foto
William Shakespeare foto
Johann Wolfgang von Goethe foto
Publicidade
José Lins do Rego foto
Friedrich Schiller foto
José de Alencar foto
Publicidade
Michael Jackson foto
Millôr Fernandes foto

„O dinheiro não só fala, como faz muita gente calar a boca.“

— Millôr Fernandes cartunista, humorista e dramaturgo brasileiro. 1923 - 2012

Jack Kerouac foto
Charles Bukowski foto
Próximo