„Vocês não trouxeram ovos hoje, então tomem um caqui para atirar.“

Mário Covas, governador de São Paulo, em Mogi das Cruzes, oferecendo uma fruta aos professores que o vaiavam; citado em Revista Veja, Edição 1 651 -31/5/2000 http://veja.abril.com.br/310500/vejaessa.html

Obtido da Wikiquote. Última atualização 21 de Maio de 2020. História
Tópicos
hoje, então, ovo
Mário Covas photo
Mário Covas25
político brasileiro 1930 - 2001

Citações relacionadas

Jack Kerouac photo
Guy De Maupassant photo
Luísa Mell photo

„Só como ovo de galinha solta, que é feliz.“

—  Luísa Mell ativista, atriz, apresentadora e escritora brasileira 1978

comentando que aboliu o consumo de ovos de aves criadas em cubículos
Fonte: Revista ISTO É, Edição 1755.

Narcisa Tamborindeguy photo
Fernando Henrique Cardoso photo

„Ele cacareja sobre os ovos postos por outros.“

—  Fernando Henrique Cardoso Sociólogo e político brasileiro, ex-presidente do Brasil 1931

Esopo photo

„Não contes tuas galinhas antes de chocarem os ovos.“

—  Esopo -620 - -564 a.C.

A leiteira eo seu balde (The Milkmaid and Her Pail)
Variante: Não conte os seus pintos antes de saírem da casca.

Abraham Lincoln photo

„Não importa o ninho, se o ovo é de águia.“

—  Abraham Lincoln 16° Presidente dos Estados Unidos 1809 - 1865

„A galinha é o intermediário entre dois ovos.“

—  Luis Felipe Angell 1926 - 2004

citado em "Frases Geniais‎" - Página 198, PAULO BUCHSBAUM, JAGUAR - Ediouro Publicações, 2004, ISBN 8500015330, 9788500015335440 páginas

João Guimarães Rosa photo

„Amor? Um pássaro que põe ovos de ferro.“

—  João Guimarães Rosa 1908 - 1967

Variante: O amor? Pássaro que põe ovos de ferro.

Tati Bernardi photo
Hermann Hesse photo
Wilhelm Busch photo

„Quem embala pedras e ovos, deve por as pedras por baixo.“

—  Wilhelm Busch 1832 - 1908

Wer Steine und Eier verpackt, soll die Steine nach unten legen.
Der schmetterling - página 55, Wilhelm Busch - F. Bassermann, 1907 - 95 páginas

Paulo Renato Souza photo

„Da próxima vez que tiver manifestação, também vou levar ovos.“

—  Paulo Renato Souza 1945 - 2011

Paulo Renato, ministro da Educação, que pensa em revidar os ataques da oposição ovípara; citado em Revista Veja, Edição 1 652 - 7/6/2000 http://veja.abril.com.br/070600/vejaessa.html

Tópicos relacionados