„“(…) tinha suspirado, tinha beijado o papel devotamente! Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades, e o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saía delas, como um corpo ressequido que se estira num banho tépido; sentia um acréscimo de estima por si mesma, E parecia-lhe que entrava enfim numa existência superiormente interessante, onde cada hora tinha o seu encanto diferente, cada passo conduzia a um êxtase, e a alma se cobria de um luxo radioso de sensações!“

—  Eça de Queiroz, Capítulo VI (ver no Wikisource)
Publicidade

Citações relacionadas

Publicidade
João Morgado photo
Antoine de Saint-Exupéry photo

„Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas não vai só, nem nos deixa sós; leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo.“

—  Antoine de Saint-Exupéry 1900 - 1944
citado em "Psicopedagogia - um modelo fenomenologico" - Página 179 http://books.google.com.br/books?id=M3oFtZ7VxyQC&pg=PA179, Roseli Bacili Laurenti - Vetor Editora, 2004, ISBN 8575850652, 9788575850657 - 202 páginas

Émile-Auguste Chartier photo
Rachel de Queiroz photo

„Cada coisa tem sua hora e cada hora o seu cuidado“

—  Rachel de Queiroz 1910 - 2003
"Formosa Lindomar" in: "Rachel de Queiroz" - Página 142 Publicado por Agir Editora, ISBN 8522006431, 9788522006434, 167 páginas

Carlos Ruiz Zafón photo
Carlos Drummond de Andrade photo

„E cada instante é diferente, e cada homem é diferente, e somos todos iguais“

—  Carlos Drummond de Andrade 1902 - 1987
"Poesia até agora‎" - Página 224, de Carlos Drummond de Andrade - Publicado por J. Olympio, 1948 - 257 páginas

Friedrich Nietzsche photo
Carlos Drummond de Andrade photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“