„Não há ninguém que não possa ser mestre de alguém em alguma coisa.“

Aforismo 195
A Arte da Prudência

Última atualização 21 de Maio de 2020. História
Tópicos
algum, ser, coisa, mestre, posse
Baltasar Gracián photo
Baltasar Gracián130
1601 - 1658

Citações relacionadas

Baltasar Gracián photo
Baltasar Gracián photo
Oscar Wilde photo

„Se há no mundo alguma coisa mais irritante do que sermos alguém de quem se fala, é ninguém falar de nós.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Variante: Se existe no mundo coisa mais aborrecida do que ser alguém de quem se fala é certamente ser alguém de quem não se fala.

Edward Everett Hale photo

„Sou um só, mas sou um. Não posso realizar tudo, mas posso fazer alguma coisa. E, por ser incapaz de tudo, não vou recusar o pouco que posso fazer.“

—  Edward Everett Hale 1822 - 1909

I am only one ; But still I am one. I cannot do everything ; But still I can ... I will not refuse to do something that I can do.
citado em "Essentials of English Composition‎" - Página 269, de Horace Sumner Tarbell, Martha Tarbell - Publicado por Ginn & company, 1902 - 281 páginas

Romain Rolland photo
Anne Frank photo
Fernando Sabino photo
Campos Sales photo

„Não posso obrigar ninguém a ser patriota, mas posso obrigar a pagar imposto.“

—  Campos Sales político brasileiro, 4° Presidente do Brasil 1841 - 1913

Dilma Rousseff photo
Leo Buscaglia photo

„Se eu quiser ser uma cachorra, eu posso. E ninguém tem nada a ver com isso.“

—  Kate Lyra 1949

Fonte: Revista IstoÉ Gente. Edição 380 http://www.terra.com.br/istoegente/380/frases/index.htm.

Juvenal photo
Aristóteles Onassis photo

„O segredo de um negócio está em saber alguma coisa que ninguém sabe.“

—  Aristóteles Onassis 1906 - 1975

Variante: O segredo de um grande negócio consiste em saber algo que mais ninguém sabe.

André Gide photo

„Não acredites que a tua verdade possa ser encontrada por algum outro.“

—  André Gide, livro Les Nourritures terrestres

Ne crois pas que ta vérité puisse être trouvée par quelque autre.
"Les nourritures terrestres" - página 209, André Gide - Sociéte du Mercure de France, 1897 - 210 páginas
Os frutos da Terra (1897)
Variante: Não te convenças de que a tua verdade possa ser encontrada por qualquer outro.