„Há loucos em todas as seitas e impostores na maioria. Por que eu deveria acreditar em mistérios que ninguém entende, só porque foram escritos por homens que escolheram confundir loucura com inspiração e que se auto-denominam evangelistas?“

We have fools in all sects, and imposters in most; why should I believe mysteries no one can understand, because written by men who chose to mistake madness for inspiration and style themselves Evangelicals
citado em "Views of religion", Parte 1‎ - Página 263, Rufus King Noyes, Editora L. K. Washburn, 783 páginas

Obtido da Wikiquote. Última atualização 18 de Outubro de 2021. História

Citações relacionadas

Charles Bukowski photo
Jack Kerouac photo
Mário Quintana photo
Blaise Pascal photo
Benjamin Disraeli photo
John Dryden photo
Epicuro photo

„Entre os homens, na maioria dos casos, a inactividade significa torpor, e a actividade, loucura.“

—  Epicuro -341 - -269 a.C.

Variante: Entre os homens, na maioria dos casos, a inatividade significa torpor, e a atividade, loucura.

Raul Seixas photo
Gabriel Chalita photo
Mark Twain photo

„A maioria das pessoas preocupa-se com passagens da Bíblia que não entende, mas as que me preocupam são as que eu entendo.“

—  Mark Twain escritor, humorista e inventor norte-americano 1835 - 1910

Variante: A maioria das pessoas se preocupam com passagens da Bíblia que não entendem, mas as passagens que me preocupam são as que eu entendo.

Mário Quintana photo

„Se eu fosse acreditar mesmo em tudo o que eu penso, ficaria louco.“

—  Mário Quintana Escritor brasileiro 1906 - 1994

Variante: Se eu fosse acreditar mesmo em tudo o que penso, ficaria louco.

André Gide photo

„As coisas mais belas são ditadas pela loucura e escritas pela razão“

—  André Gide, livro Les Nourritures terrestres

Les choses les plus belles sont celles que souffle la folie et qu'écrit la raison.
Poésie: Les cahiers d'André Walter. Les poésies d'André Walter. Les nourritures terrestres. Les nouvelles nourritures. Souvenirs de la cour d'assises. Si le grain ne meurt. Journal (1889 à 1916) - Página 529, André Gide - Gallimard, 1952

Raul Seixas photo
Nicolas Chamfort photo
Buda photo
Federico García Lorca photo

„Todas as coisas têm o seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas.“

—  Federico García Lorca poeta e dramaturgo espanhol 1898 - 1936

José Ângelo Cardoso, in: O outro lado da poesia e conto.

Samuel Johnson photo

„O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.“

—  Samuel Johnson 1709 - 1784

love... it was the wisdom of a fool, and the folly of the wise
citado em Memoirs of Samuel Foote, Esq: with a collection of his genuine ... - Página 154 http://books.google.com.br/books?id=RswJk2PH6ooC&pg=PA154, William Cook - R. Phillips, 1805
Atribuídas

Tópicos relacionados