Frases de Ralph Nader

Ralph Nader foto
1  0

Ralph Nader

Data de nascimento: 27. Fevereiro 1934

Publicidade

Ralph Nader é um advogado e político estadunidense de origem libanesa.

Diplomado pelas universidades de Harvard e Princeton tornou-se célebre pelas suas campanhas a favor dos direitos dos consumidores nos anos 60 desenvolvidas em conjunto com a associação Public Citizen. Promoveu a discussão de temas como os direitos dos consumidores, o feminismo, o humanismo, a ecologia e a governação democrática. Nader criticou duramente a política internacional exercida pelos Estados Unidos nas últimas décadas, que vê como corporativista, imperialista, contrária aos valores fundamentais da democracia e dos direitos humanos. O seu activismo foi de grande importância na criação de grandes organizações governamentais e não governamentais estadunidenses.

Em 1965, Ralph Nader provocou polêmica nos Estados Unidos com a publicação de seu livro Unsafe at Any Speed , onde questionava a poderosa indústria automobilística estadunidense sobre as razões das mortes de milhares de cidadãos em acidentes automobilísticos, onde o resultado fatal poderia ter sido evitado se os veículos dispusessem de equipamentos de segurança já existentes naquela época, e que, por razões de economia de custos, não eram instalados nos veículos.

Ralph Nader candidatou-se quatro vezes a presidente dos Estados Unidos . Em 1996 e 2000 candidatou-se com as cores do Partido Verde, sendo o candidato a vice-presidente Winona LaDuke. Em 2004 candidatou-se como independente, com apoio do Partido Reformista, sendo o candidato a vice-presidente Pedro Miguel Camejo.

Citações Ralph Nader

Publicidade
Publicidade

„[Free trade agreements] are trade agreements that don't…they colonize environmental labor, and consumer issues of grave concern (in terms of health safety, and livelihoods too) to many, many hundreds of millions of people - and they do that by subordinating consumer, environmental, and labor issues to the imperatives and the supremacy of international commerce.

That is exactly the reverse of how democratic societies have progressed, because over the decades they've progressed by subordinating the profiteering priorities of companies to, say, higher environmental health standards; abolition of child labor; the right of workers to have fair worker standards…and it's this subordination of these three major categories that affect people's lives, labor, environment, the consumer, to the supremacy and domination of trade; where instead of trade getting on its knees and showing that it doesn't harm consumers - it doesn't deprive the important pharmaceuticals because of drug company monopolies, it doesn't damage the air and water and soil and food (environmentally), and it doesn't lacerate the rights of workers - no, it's just the opposite: it's workers and consumers and environments that have to kneel before this giant pedestal of commercial trade and prove that they are not, in a whole variety of ways, impeding international commerce…so this is the road to dictatorial devolution of democratic societies: because these trade agreements have the force of law, they've got enforcement teeth, and they bypass national courts, national regulatory agencies, in ways that really reflect a massive, silent, mega-corporate coup d'etat…that was pulled off in the mid-1990's.“

— Ralph Nader

Publicidade
Próximo
Aniversários de hoje
Aurélio Agostinho foto
Aurélio Agostinho41
354 - 430
Manoel de Barros57
poeta brasileiro 1916 - 2014
Dante Alighieri foto
Dante Alighieri78
1265 - 1321
Outros 15 aniversários hoje