Frases de Joseph De Maistre

Joseph De Maistre foto

11   0

Joseph De Maistre

Data de nascimento: 1. Abril 1753
Data de falecimento: 26. Fevereiro 1821
Outros nomes: Joseph Marie de Maistre

Conde Joseph-Marie de Maistre foi um escritor, filósofo, diplomata e advogado. Foi um dos proponentes mais influentes do pensamento contrarrevolucionário ultramontanista no período imediatamente seguinte à Revolução Francesa de 1789.

Era a favor da restauração da monarquia hereditária, que ele via como uma instituição de inspiração divina. Argumentava também a favor da suprema autoridade do Papa, quer em matérias religiosas como também em matérias políticas.

De acordo com Joseph de Maistre, apenas os governos baseados na constituição cristã, implícita nos costumes e instituições de todas as sociedades europeias, mas especialmente nas monarquias católicas europeias, poderiam evitar as desordens e as matanças que se seguem à implementação de programas políticos racionalistas, tais como a então recente Revolução Francesa. Defensor entusiasta da autoridade estabelecida, que a revolução pretendia destruir, defendeu-a em todos os domínios: no Estado, enaltecendo a monarquia; na Igreja, enaltecendo os privilégios do papado; e no mundo, glorificando a providência divina.

É o autor da célebre frase "Toute nation a le gouvernement qu'elle mérite" .


„É muito menos difícil resolver um problema do que pô-lo.“

„Todas as nações têm o governo que merecem.“


„A espada da justiça não tem bainha.“

„Não sei como é a vida de um patife, nunca o fui; mas de a de um homem honesto é abominável.“

„As opiniões falsas parecem-se com as moedas falsas que são, primeiro, fabricadas por criminosos e, depois, gastas por pessoas honestas que perpetuam o crime sem saber o que fazem.“

„É a imaginação que faz que se percam as batalhas.“

„O cristianismo foi pregado por ignorantes e acreditado por doutos, e nisso não se assemelha a nada conhecido.“

„Há uma regra para julgar dos livros, como a há para julgar dos homens: basta saber por quem eles são amados e por quem odiados.“


„Não são os homens que fazem as revoluções, as revoluções é que se servem dos homens.“

„Não sei o que é a vida de um patife, não o tenho sido nunca; mas a de um homem honesto é abominável.“

„O exagero é a mentira da gente honesta.“

„Every country has the government it deserves.“


„In the whole vast dome of living nature there reigns an open violence. A kind of prescriptive fury which arms all the creatures to their common doom: as soon as you leave the inanimate kingdom you find the decree of violent death inscribed on the very frontiers of life. You feel it already in the vegetable kingdom: from the great catalpa to the humblest herb, how many plants die and how many are killed; but, from the moment you enter the animal kingdom, this law is suddenly in the most dreadful evidence. A Power, a violence, at once hidden and palpable... has in each species appointed a certain number of animals to devour the others... And who [in this general carnage] exterminates him who will exterminate all others? Himself. It is man who is charged with the slaughter of man... The whole earth, perpetually steeped in blood, is nothing but a vast altar upon which all that is living must be sacrificed without end, without measure, without pause, until the consummation of things, until evil is extinct, until the death of death.“

„A constitution that is made for all nations is made for none.“

„Wherever an altar is found, there civilization exists.“

„Nothing great has great beginnings.“

Autores parecidos