Frases de Fanny Dupré

14   0

Fanny Dupré

Nós não verificar a identidade deste autor, pode não ser uma pessoa famosa.

Fanny Dupré - que falta uma descrição mais detalhada do autor.

Citações Fanny Dupré


„Vendinha de bairro.
Ressona feliz gatinho
no saco de estopa.“

„Boêmio da noite
no portão enferrujado.
Morcego dormindo.“


„Ilhotas boiando.
Sob um céu vasto e sereno
este mar tranqüilo.“

„Tremendo de frio
no asfalto negro da rua
a criança chora.“

„Laranjais em flor.
Ah! que perfume tenuíssimo...
Esperei por ti...“

„Crepita a fogueira...
Entre nuvens mais estrelas.
Fogos de artifício.“

„Saudosa de ti
caminho só pela rua.
É noite de estio.“

„A pedra da rua.
Humilham-te sem cessar.
Ah! os pés humanos...“


„Ruge o minuano...
Galopa veloz nos pampas
o cavalo baio.“

„Bolha de sabão.
Borboleta distraída...
Colisão no ar!“

„Noite tenebrosa.
Pia a coruja agourenta
no velho telhado.“

„Mosaico no muro.
O gato ensaiando o pulo.
Azuis borboletas.“


„Velho casarão.
Iluminam o interior
raios de luar.“

„Sobre a laje fria
diz adeus à primavera
uma rosa murcha.“