Frases de Claudio Daniel

1   0

Claudio Daniel

Data de nascimento: 1962

Claudio Daniel é um escritor brasileiro.

Seu livro de estréia, Sutra, foi publicado em 1992, época em que o autor trabalhava como revisor do jornal Diário Popular e residia no bairro Bela Vista, em São Paulo, também conhecido como Bexiga. Nessa época, suas leituras poéticas incluíam autores latino-americanos como Olivério Girondo, Vicente Huidobro e César Vallejo, além de João Cabral de Melo Neto e da Poesia Concreta.

Nos anos seguintes, publicou os livros de poesia Yumê , A Sombra do Leopardo e Figuras Metálicas . Este último título é uma antologia de seus três primeiros livros, mais o inédito Pequenas Aniquilações, que o autor organizou, a convite de Haroldo de Campos, para a coleção Signos.

Claudio Daniel publicou também os livros de poesia Escrito em osso , Fera Bifronte , Letra Negra , Cores para cegos , o volume de contos Romanceiro de Dona Virgo e a antologia Na Virada do Século, Poesia de Invenção no Brasil , entre outros títulos. Como tradutor, publicou Jardim de Camaleões, A Poesia Neobarroca na América Latina e coletâneas de autores como o cubano José Kozer, o dominicano Leon Félix Batista, o argentino-peruano Reynaldo Jiménez e os uruguaios Víctor Sosa e Eduardo Milán.

Tem ainda colaborado em diversos jornais e revistas literárias, no Brasil e no exterior, como a Folha de S. Paulo, Suplemento Literário de Minas Gerais, CULT, Coyote, Et Cetera, Crítica , Tsé Tsé , Serta , Docks a Lire e Hispanic Poetry Review .

Participou também de antologias de poesia contemporânea como Pindorama, 30 Poetas de Brasil, com organização e tradução de Reynaldo Jiménez , New Brasilian and American Poetry, organizada por Flávia Rocha e Edwin Torres

Citações Claudio Daniel



Autores parecidos