„Eu não quero ser um monstro, mas talvez seja tarde demais para ser outra coisa.“

—  Holly Black, livro White Cat

White Cat

Última atualização 22 de Maio de 2020. História

Citações relacionadas

Mel Gibson photo

„A última coisa que quero ser é este tipo de monstro.“

—  Mel Gibson 1956

sobre as frases anti-semitas que proferiu ao ser preso por dirigir bêbado
Fonte: Revista IstoÉ Gente. Edição 374 http://www.terra.com.br/istoegente/374/frases/index.htm

George Eliot photo

„Nunca é tarde demais para ser aquilo que você deveria ser.“

—  George Eliot 1819 - 1880

Variante: Nunca é tarde demais para ser aquilo que sempre se desejou ser.

Martha Medeiros photo

„Costumamos compreender as coisas tarde demais.“

—  Martha Medeiros escritora e jornalista brasileira 1961

Noel Gallagher photo

„Talvez eu nunca serei todas as coisas que eu quero ser, mas agora não é hora para chorar“

—  Noel Gallagher Músico britânico 1967

Canção Live Forever

Fidel Castro photo

„Cheguei à conclusão, talvez um pouquinho tarde, de que os discursos devem ser curtos.“

—  Fidel Castro político e revolucionário cubano, Ex-presidente de Cuba 1926 - 2016

Fidel Castro, presidente cubano, famoso por fazer discursos de até sete horas
Atribuídas
Fonte: Revista Veja, Edição 1 661 - 9/8/2000 http://veja.abril.com.br/090800/vejaessa.html

Robert Taylor photo

„Ela era ardente, talvez um pouco assanhada, mas profundamente gentil, longe de ser aquele monstro que alguns jornalistas fizeram dela“

—  Robert Taylor 1911 - 1969

sobre sua colega, a atriz Jean Harlow (a 1ª loura platinada de Hollywood), em entrevista concedida em 1957.

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Franz Liszt photo
Ralph Waldo Emerson photo
Charles Bukowski photo
Agostinho da Silva photo
Thomas Fuller photo
John Green photo

„Só quero fazer alguma coisa que seja importante. Ou ser alguma coisa importante. Eu só quero ser importante.“

—  John Green Escritor, empresário e vlogger norte-americano 1977

Colin Singleton, p. 126
Quem é Você, Alasca? (2005), O Teorema Katherine (2006)

Charles Bukowski photo

Tópicos relacionados