„Muitas vezes é preciso mudar de opinião para permanecer sempre no mesmo partido.“

—  Jean Retz

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História

Citações relacionadas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Abraham Lincoln photo

„Quem pode mudar a opinião pública, pode mudar o governo“

—  Abraham Lincoln 16° Presidente dos Estados Unidos 1809 - 1865

Georg Christoph Lichtenberg photo
Sócrates photo
Friedrich Nietzsche photo

„Eu jamais iria para a fogueira por uma opinião minha, afinal, não tenho certeza alguma. Porém, eu iria pelo direito de ter e mudar de opinião, quantas vezes eu quisesse.“

—  Friedrich Nietzsche filósofo alemão do século XIX 1844 - 1900

Nietzsche, 1880, O Andarilho e sua Sombra, Aforismo 333 http://gutenberg.spiegel.de/buch/der-wanderer-und-sein-schatten-3251/54
Atribuídas

Dom Hélder Câmara photo
Henri de Régnier photo
Carlos Bernardo Gonzalez Pecotche photo

„As opiniões nos custam apenas um fôlego, mas as convicções muitas vezes custam a própria vida.“

—  John Oswald Sanders 1902 - 1992

Opinions cost us only breath, but convictions often cost life itself.
John Oswald Sanders, citado em Leadership - by the Book - Página 111 http://books.google.com.br/books?id=Gu9gRqmuB9gC&pg=PA111, David M. Atkinson - Xulon Press, 2008, ISBN 1607910586, 9781607910589, 280 páginas

Immanuel Kant photo
Winston Churchill photo
Tati Bernardi photo
Winston Churchill photo

„Um fanático é uma pessoa que não pode mudar de opinião e que não muda de assunto.“

—  Winston Churchill Político britânico 1874 - 1965

A fanatic is one who can't change his mind and won't change the subject
Sir Winston Churchill: a self-portrait, Sir Winston Churchill, Colin Coote, Eyre & Spottiswoode, 1954, 304 páginas

Marco Aurelio photo
Alexander Pope photo
Eça de Queiroz photo

„O riso é uma filosofia. Muitas vezes o riso é uma salvação. E em política constitucional, pelo menos, o riso é uma opinião.“

—  Eça de Queiroz, As Farpas

"As farpas: crónica mensal da política, das letras e dos costumes" (primeiro fascículo, maio de 1871) - Página 19, de Eça de Queirós, Ramalho Ortigão, Maria Filomena Mónica, Maria José Marinho - Publicado por Lucerna, 2004 ISBN 9728818408, 9789728818401 - 639 páginas
Aforismos

Tópicos relacionados