Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?

Entrar para revisão

„Todas as substâncias são venenos; não há nenhuma que não seja um veneno. A dose certa diferencia um veneno e um remédio.“

—  Paracelso

Original

All substances are poisons; there is none which is not a poison. The right dose differentiates a poison and a remedy.

Paracelsus - Doctor of our Time (1992)

Editado por Rooney. Última atualização 29 de Janeiro de 2021. História

Citações relacionadas

Citát „Só a dose faz o veneno.“
Paracelso photo

„Só a dose faz o veneno.“

—  Paracelso 1493 - 1541

Dosis sola facit venenum
Paracelsus, dritte defensio, 1538
variação: "Todas as substâncias são venenos; não existe uma que não seja veneno. A dose certa diferencia um veneno de um remédio".

François de La  Rochefoucauld photo
Félix Lope de Vega photo
Truman Capote photo
Paulo Henrique Amorim photo

„Está na hora da Patrícia destilar o seu veneno“

—  Paulo Henrique Amorim Apresentador de TV, jornalista, blogueiro e empresário brasileiro 1942 - 2019

anunciando a enquete de Patrícia Maldonado
Frases ditas no programa de televisão Tudo a Ver

Victor Hugo photo

„É fácil acostumar-se ao veneno.“

—  Victor Hugo poeta, romancista e dramaturgo francês 1802 - 1885

Gunnar Ekelöf photo
Friedrich Nietzsche photo
Heinrich Von Kleist photo

„Ah, infeliz ambição, ela é um veneno para todos os gostos.“

—  Heinrich Von Kleist 1777 - 1811

Ach, der unselige Ehrgeiz, er ist ein Gift für alle Freuden.
Heinrich von Kleist, carta a Guilhermina de Zeng, 10 de outubro de 1801

Honoré De Balzac photo

„A glória é um veneno que devemos sorver em pequenas doses.“

—  Honoré De Balzac Escritor francês 1799 - 1850

Variante: A glória é um veneno que se deve tomar em pequenas doses.

Tati Bernardi photo
Lucio Anneo Seneca photo

„Onde a abelha suga o mel, a aranha suga o veneno.“

—  Thomas Draxe

Where the bee maketh honey, the spider sucketh poison.
Thomas Draxe citado em "Elizabethan proverb lore in Lyly's Euphues and in Pettie's Petite pallace: with parallels from Shakespeare" - v.2, Página 72, de Morris Palmer Tilley - Publicado por The Macmillan Company, 1926 - 461 páginas
Fonte: Chalita, Mansour. Os mais belos pensamentos de todos os tempos. 4 Edição. Rio de Janeiro: Assoc. Cultural Internac. Gibran. pág. 82.

Gillian Flynn photo
Umberto Eco photo
Victor Hugo photo

„Substituir o pensamento pelo sonho é confundir um veneno com alimento.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Remplacer la pensée par la rêverie, c’est confondre un poison avec une nourriture.
Les Misérables, Victor Hugo, éd. J. Hetzel et A. Quantin, 1882, partie IV, chap. 1, p. 71
Os Miseráveis

Honoré De Balzac photo

Tópicos relacionados