„A tua saia, que é curta,
Deixa-te a perna a mostrar;
Meu coração já se furta
A sentir sem eu pensar.“

Poems of Fernando Pessoa

Última atualização 22 de Maio de 2020. História
Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português 1888 - 1935

Citações relacionadas

Thomas Fuller photo

„As mentiras têm pernas curtas, mas o escândalo tem asas.“

—  Thomas Fuller 1608 - 1661

A Lye has no Leg, but a Scandal has Wings.
Gnomologia: Adagies and Proverbs; Wise Sentences and Witty Sayings, Ancient and Modern, Foreign and British‎ - item 263 página 10 http://books.google.com.br/books?id=3y8JAAAAQAAJ&pg=PP7#PPA10,M1, de Thomas Fuller, Pre-1801 Imprint Collection (Library of Congress) - Publicado por Printed for B. Barker, 1732 - 297 páginas
Adágios e provérbios

Fernando Pessoa photo
Alice Ruiz photo
Cícero photo
Coco Chanel photo

„O conforto possui formas. O amor cores. Uma saia é feita para se cruzar as pernas e uma manga para se cruzar os braços.“

—  Coco Chanel 1883 - 1971

reflexões de "Coco Chanel" publicadas em “L'Album du Figaro", dezembro de 1950 e reproduzida no livro "Le Temps Chanel", de Edmonde Charles-Roux, Editions Grasset, 1980

Fernando Pessoa photo
Clarice Lispector photo
Mário Quintana photo

„Sentir primeiro, pensar depois.“

—  Mário Quintana Escritor brasileiro 1906 - 1994

Falsas atribuições

Clarice Lispector photo

„Pensar é um ato. Sentir é um fato.“

—  Clarice Lispector Escritora ucraniano-brasileira 1920 - 1977

Fernando Pessoa photo
Carlos Drummond de Andrade photo

„O bonde passa cheio de pernas: / pernas brancas pretas amarelas. Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração. / Porém meus olhos / não perguntam nada“

—  Carlos Drummond de Andrade Poeta brasileiro 1902 - 1987

Poesia até agora: capa de Santa Rosa - página 9, Carlos Drummond de Andrade - J. Olympio, 1948 - 257 páginas

Fernando Pessoa photo
Clarice Lispector photo
Carlo Dossi photo
Fernando Pessoa photo

„O coração, se pudesse pensar, pararia.“

—  Fernando Pessoa, livro Livro do Desassossego

Livro do Desassossego, por Bernardo Soares; Autobiografia sem Factos - Página 40; Fernando Pessoa. Organizacão Richard Zenith - Cia das Letras, São Paulo, 2010.
Autobiografia sem Factos
Fonte: The Book of Disquiet

Tópicos relacionados