„O poder é como o violino. Toma-se com a esquerda e toca-se com a direita.“

Do bestial ao genial: frases da política - Página 148 - de Paulo Buchsbaum e André Buchsbaum - Editora Ediouro Publicações, 2006, ISBN 850002075X, 9788500020759
Variante: O poder é como o violino. Toma-se com a esquerda e toca- se com a direita.

Obtido da Wikiquote. Última atualização 22 de Maio de 2020. História
Esperidião Amin photo
Esperidião Amin2
Senador por Santa Catarina 1947

Citações relacionadas

José Simão photo

„No Brasil, nem a esquerda é direita.“

—  José Simão jornalista brasileiro 1943

Folha de S. Paulo de 17 de agosto de 2005

Daniel Hannan photo

„A História foi reinterpretada e toma-se como axiomático que fascismo deve ser considerado de Direita, sendo a lógica aparente de que a Esquerda significa compaixão e a Direita significa sordidez e fascistas são sórdidos.“

—  Daniel Hannan político britânico 1971

A supremacia da Esquerda é tal que quase ninguém fala sobre as origens socialistas do fascismo https://fascismoblog.wordpress.com/2015/11/25/a-supremacia-da-esquerda-e-tal-que-quase-ninguem-fala-sobre-as-origens-socialistas-do-fascismo/ — 16 de fevereiro de 2013.

Millôr Fernandes photo
Daniel Cohn-Bendit photo

„É como se você me perguntasse se prefiro minha perna esquerda ou a direita.“

—  Daniel Cohn-Bendit 1945

Bendit, ao responder se prefere Pelé ou Maradona.
Fonte: Revista ISTO É Gente, Edição 356

Silvio Berlusconi photo

„As mulheres de direita são mais bonitas que as mulheres de esquerda.“

—  Silvio Berlusconi empresário e político italiano, Ex-Primeiro ministro da Itália 1936

José Saramago photo
Otto Von Bismarck photo

„Quem toma conta da carteira tem o poder.“

—  Otto Von Bismarck Político e chanceler alemão 1815 - 1898

Günter Grass photo
Cristovam Buarque photo

„Eu não trocaria um sociólogo de esquerda, cercado de políticos de direita, por um político de direita, rodeado por sociólogos de esquerda.“

—  Cristovam Buarque Político brasileiro 1944

Sobre FHC e Ciro Gomes.
Fonte: Revista Veja http://veja.abril.com.br/011097/p_012.html

Garrincha photo

„A bola veio para a esquerda e eu não chuto bem de esquerda, mas não dava pra trocar de pé. Então chutei de esquerda fazendo de conta que era de direita.“

—  Garrincha futebolista brasileiro 1933 - 1983

Sobre o gol que fez contra o Chile, na Copa de 1962.
Frase dita em entrevista anos depois, citada na revista Placar 1072, de junho de 1992.

John Lennon photo
Juan Domingo Perón photo

„Dê o pisca-pisca para a esquerda…mas vire para a direita!“

—  Juan Domingo Perón 1895 - 1974

Perón, no início dos anos 70, comparando a arte de governar com a de dirigir um carro. Isto é, dar sinais de que o governo tende à esquerda, mas, na prática, aplica políticas de direita

Clarice Lispector photo

„Sempre conservei uma aspa à esquerda e outra à direita de mim.“

—  Clarice Lispector, livro A Paixão segundo G.H.

A paixão segundo G.H. - página 30, Clarice Lispector - Sabiá, 1964 - 182 páginas
A paixão segundo G.H.

Fernando Henrique Cardoso photo

„Se esquerda significa ser contra a ordem social existente, e direita a favor, a social-democracia é sem dúvida uma corrente de esquerda.“

—  Fernando Henrique Cardoso Sociólogo e político brasileiro, ex-presidente do Brasil 1931

"O que é a Social Democracia e o que propõe para o Brasil", 1990 http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/2006/10/alckmin-em-entrevista-folha-estou-mais.html

Paulo Maluf photo

„É um casamento espúrio dos homens de direita da Fiesp com a esquerda da CUT terrorista.“

—  Paulo Maluf político e engenheiro brasileiro 1931

Paulo Maluf, candidato à prefeitura de São Paulo pelo PPB, desesperado com o amplo apoio conquistado por sua oponente, Marta Suplicy (PT)
Fonte: Revista Veja, Edição 1 671 - 18/10/2000 http://veja.abril.com.br/181000/vejaessa.html

Leonel Brizola photo

„O PT é como uma galinha que cacareja para a esquerda, mas põe os ovos para a direita.“

—  Leonel Brizola Político brasileiro 1922 - 2004

Leonel Brizola, candidato do PDT à prefeitura do Rio
Fonte: Revista Veja, Edição 1 659 - 26/7/2000 http://veja.abril.com.br/260700/vejaessa.html

Vergílio Ferreira photo

Tópicos relacionados