„As mesmas paixões no homem e na mulher são diferentes em seu andamento e é por isso que o homem e a mulher jamais deixam de se desentender.“

Die gleichen Affekte sind bei Mann und Weib doch im Tempo verschieden: deshalb hören Mann und Weib nicht auf, sich misszuverstehn
Jenseits von gut und böse. Zur Genealogie der Moral - Volume 7 de Nietzsche's Werke, Página 96, Friedrich Wilhelm Nietzsche - C.G. Naumann, 1910

Última atualização 21 de Maio de 2020. História
Friedrich Nietzsche photo
Friedrich Nietzsche791
filósofo alemão do século XIX 1844 - 1900
Editar

Citações relacionadas

Friedrich Nietzsche photo
Jean de La Bruyere photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Antístenes photo
Oscar Wilde photo

„Os homens não sabem dar valor às suas próprias mulheres. Isso deixam para outros.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Severo Catalina photo

„O ciúme manifestado pelo homem quase sempre é infundado e sempre inflama a mulher. O ciúme mostrado pela mulher quase sempre é procedente e jamais inflama o homem.“

—  Severo Catalina 1832 - 1871

Los celos del hombre son casi siempre infundados é infaman á la mujer: los celos de la mujer son casi siempre justos y no infaman al hombre
Severo Catalina in: "El Amor", publicado no "El Sueco" (periodico semanal literario), ano IV, [ num 155 http://pista.dva.gva.es/cmpal/download/46235/2006-10/20/EL_SUECO%2302-03-1912.PDF, 2 de março de 1912, página 2171

Anaïs Nin photo

„O inimigo de um amor nunca vem de fora, não é homem ou mulher, é o que falta em nós mesmos“

—  Anaïs Nin, livro A Spy in the House of Love

A Spy in the House of Love
Variante: O inimigo de um amor nunca vem de fora, não é homem ou mulher, é o que falta em nós mesmos.

Germaine de Staël photo
Oscar Wilde photo
Friedrich Nietzsche photo
Henrique Maximiano Coelho Neto photo
Jacques Chirac photo

„Minha mulher é um homem político.“

—  Jacques Chirac político francês, 22° Presidente da França 1932 - 2019

Victor Hugo photo

„A mulher é a esfinge do homem.“

—  Victor Hugo poeta, romancista e dramaturgo francês 1802 - 1885

Tópicos relacionados