„Em vez de amar teus inimigos, trata teus amigos um pouco melhor.“

Instead of loving your enemy, treat your friend a little better.
Ventures in Common Sense‎ - Página 234, de E. W. Howe - READ BOOKS, 2008, ISBN 1409789705, 9781409789703 - 272 páginas

Obtido da Wikiquote. Última atualização 21 de Maio de 2020. História

Citações relacionadas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Bob Marley photo

„Seu pior inimigo pode ser seu melhor amigo e seu melhor amigo, seu pior inimigo“

—  Bob Marley foi um cantor, guitarrista (raggae) e compositor jamaicano famoso por popularizar o gênero 1945 - 1981

Marco Aurelio photo
Petrus Alphonsi photo
Napoleão Bonaparte photo

„É melhor ter um inimigo aberto, do que amigos escondidos.“

—  Napoleão Bonaparte monarca francês, militar e líder político 1769 - 1821

Atribuídas

Abraham Lincoln photo
Friedrich Nietzsche photo
Jennie Jerome photo

„Trate seus amigos como quando você faz seu retrato: coloque-os sob a melhor luz.“

—  Jennie Jerome 1854 - 1921

Jennie Jerome Churchill, citada em "Frases Geniais" - Página 176, Paulo Buchsbaum - Ediouro Publicações, 2004, ISBN 8500015330, 9788500015335, 440 páginas

Vicci Martinez photo

„Amar se trata de pedir perdão.“

—  Vicci Martinez 1984

Letra da música "Enjoy The Ride", presente no disco "I Love You In The Morning" lançado em 2010.

Benjamin Franklin photo
Mateo Alemán photo
Edward Bulwer-Lytton photo

„É difícil dizer quem nos faz mais mal: inimigos com as piores intenções ou amigos com as melhores.“

—  Edward Bulwer-Lytton 1803 - 1873

It is difficult to say who do you the most mischief enemies with the worst intentions or friends with the best.
What will he do with it?‎ - Página 83 http://books.google.com.br/books?id=2QkPAAAAYAAJ&pg=PA83, de Edward Bulwer Lytton Lytton - Publicado por Harper & Brothers, 1859 - 311 páginas

Charles Spurgeon photo
Marquês de Maricá photo
Leon Uris photo

„Muitas vezes não temos tempo para dedicar aos amigos, mas para os inimigos temos todo o tempo do mundo.“

—  Leon Uris 1924 - 2003

citado em "3001 pensamentos‎" - Página 237, de CABADA, Gerardo, Edicoes Loyola, 2001, ISBN 8515023075, 9788515023073

Tópicos relacionados