Frases de Ricardo Piglia

Ricardo Piglia foto
1  0

Ricardo Piglia

Data de nascimento: 24. Novembro 1941
Data de falecimento: 6. Janeiro 2017

Publicidade

Ricardo Emilio Piglia Renzi foi um escritor argentino. Publicou, entre os textos de ficção, La invasión , Nombre falso , Respiración artificial , Prisión perpetua , La ciudad ausente e Plata quemada . Os livros de não-ficção são Crítica y ficción , Formas breves , Tres propuestas para el próximo milenio e El último lector . Volta para a ficção em El camino de Ida . Compôs, em parceria com o músico Gerardo Gandini, a ópera que estreou em 1995 no Teatro Colón de Buenos Aires, La ciudad ausente, baseada em seu romance de mesmo nome. Em 1990, Alejandro Agresti dirigiu um longa metragem chamado Luba, partindo do livro Nombre falso. Em 1998, igualmente, Marcelo Piñeyro levou às telas a história de Plata quemada. Ricardo Piglia editou o Diccionario de la novela de Macedonio Fernández , organizou e prefaciou uma antologia de contos chamada Las fieras . Cuentos con dos rostros é uma seleção de relatos e integra um projeto de difusão cultural dirigido pela Universidade Nacional Autónoma de México, sob os cuidados de Marco Antonio Campos. La Argentina en pedazos é uma compilação de ensaios introdutórios à literatura argentina, originalmente preparados para as adaptações de textos literários da revista em quadrinhos Fierro. Cuentos morales é uma antologia organizada por Piglia que reúne alguns de seus relatos, escritos entre 1961 e 1990.

Citações Ricardo Piglia