Frases de Jefferson Davis

Jefferson Davis foto
1  0

Jefferson Davis

Data de nascimento: 3. Junho 1808
Data de falecimento: 6. Dezembro 1889

Publicidade

Jefferson Finis Davis foi um estadista norte-americano e Presidente dos Estados Confederados da América durante a Guerra Civil Americana.

Davis nasceu no Kentucky e cresceu nas plantações do Mississippi e do Louisiana. Formou-se na Academia Militar de West Point e combateu na Guerra Mexicano-Americana como coronel de um regimento de voluntários. Prestou serviço como Secretário de Guerra dos Estados Unidos sob a liderança do Presidente democrata Franklin Pierce, e como senador democrata do Mississipi. A sua plantação no Mississipi dependia do trabalho escravo, como a maioria das plantações do Sul. Como senador, era contra a secessão, mas concordava em que cada estado era soberano e tinha o direito indiscutível de se separar da União. Davis perdeu a sua primeira esposa, que morreu vitima de malária, três meses depois de se casar, e por pouco também não morreu. Com a segunda mulher, teve seis filhos, mas apenas dois morreram depois dele. Durante toda a sua vida sofreu com uma saúde fraca.

Como Presidente dos Estados Confederados da América, desde o seu início em 1861, até ao seu final em 1865, Davis foi responsável pelos planos de guerra dos Confederados, mas foi incapaz de elaborar uma estratégia que parasse o avanço, mais forte e organizado, da União. Os seus esforços diplomáticos fracassaram, ao não serem reconhecidos por qualquer país estrangeiro. Em termos domésticos, não prestou muita atenção ao colapso da economia confederada; o governo cada vez emitia mais dinheiro para fazer face às despesas de guerra, originando uma inflação crescente.

Os historiadores tendem a justificar as fraquezas da Confederação ao Presidente Davis. A sua preocupação com o detalhe, relutância em delegar responsabilidades, imagem fraca junto do público, contrastavam com poderosos senadores do governo, favoritismo em relação a antigos amigos, incapacidade para se relacionar com que discordasse dele, negligência de assuntos de natureza civil favorecendo os militares, e uma tendência para não saber lidar com a opinião pública, foram factos que não o ajudaram na sua gestão. Davis é descrito como um líder militar muito menos eficiente que o seu homólogo da União, Abraham Lincoln.

Depois de Davis ter sido capturado em 1865, foi acusado de traição, mas não foi julgado, e libertado passados dois anos; Embora não tenha ficado totalmente mal visto, Davis deixou de fazer parte das amizades do líder sulista, general Robert E. Lee. Mesmo assim, muitos sulistas simpatizavam com o seu espírito desafiador, recusa em aceitar uma derrota e resistência à Reconstrução. Com o passar do tempo, a admiração pelo seu orgulho e pelos seus ideais, fizeram dele um herói da Guerra Civil para muitos sulistas, e o seu legado tornou-se parte da fundação do pós-guerra do Novo Sul. Davis escreveu um memorial intitulado The Rise and Fall of the Confederate Government, o qual terminou em 1881, e que também ajudou a restaurar a sua reputação. No final da década de 1880, deu início a uma acção de reconciliação dizendo aos sulistas para serem leais à União. Em meados de Novembro de 1889, a sua saúde começou a piorar, e morreu no início de Dezembro, em Nova Orleães, aos 81 anos de idade.

Citações Jefferson Davis

„The packages so labeled contained Bass ale or Cognac brandy, which cost 'His Excellency' less than we Yankees had to pay for it.“

— Jefferson Davis
Context: It looked queer to me to see boxes labeled 'His Excellency, Jefferson Davis, President of the Confederate States of America'. The packages so labeled contained Bass ale or Cognac brandy, which cost 'His Excellency' less than we Yankees had to pay for it. Think of the President drinking imported liquors while his soldiers were living on pop-corn and water! David D. Porter, [https://ia802604.us.archive.org/9/items/incidentsanecdot00port/incidentsanecdot00port.pdf Incidents and Anecdotes of the Civil War] (1885), p. 274.

Publicidade

„It looked queer to me to see boxes labeled 'His Excellency, Jefferson Davis, President of the Confederate States of America'.“

— Jefferson Davis
Context: It looked queer to me to see boxes labeled 'His Excellency, Jefferson Davis, President of the Confederate States of America'. The packages so labeled contained Bass ale or Cognac brandy, which cost 'His Excellency' less than we Yankees had to pay for it. Think of the President drinking imported liquors while his soldiers were living on pop-corn and water! David D. Porter, [https://ia802604.us.archive.org/9/items/incidentsanecdot00port/incidentsanecdot00port.pdf Incidents and Anecdotes of the Civil War] (1885), p. 274.

„Think of the President drinking imported liquors while his soldiers were living on pop-corn and water!“

— Jefferson Davis
Context: It looked queer to me to see boxes labeled 'His Excellency, Jefferson Davis, President of the Confederate States of America'. The packages so labeled contained Bass ale or Cognac brandy, which cost 'His Excellency' less than we Yankees had to pay for it. Think of the President drinking imported liquors while his soldiers were living on pop-corn and water! David D. Porter, [https://ia802604.us.archive.org/9/items/incidentsanecdot00port/incidentsanecdot00port.pdf Incidents and Anecdotes of the Civil War] (1885), p. 274.

„Tradition usually rests upon something which men did know; history is often the manufacture of the mere liar.“

— Jefferson Davis
[https://books.google.com/books?id=NINHAAAAYAAJ&printsec=frontcover&dq=scotland+%26+the+scottish+people&hl=en&sa=X&ved=0CBwQ6AEwAGoVChMIuKPUmZGkyAIVQ5qACh0kewz7#v=onepage&q=scotland%20%26%20the%20scottish%20people&f=false Scotland & The Scottish People]

Publicidade

„We recognize the negro as God and God's Book and God's Laws, in nature, tell us to recognize him. Our inferior, fitted expressly for servitude.“

— Jefferson Davis
Speech (March 1861), as quoted in [https://books.google.com/books?id=KSd0SkDXtJQC&printsec=frontcover&source=gbs_ge_summary_r&cad=0#v=onepage&q&f=false Look Away!: A History of the Confederate States of America] (2002), by William C. Davis, New York: The Free Press, p. 137

Publicidade
Próximo