Frases de Flávio Gikovate

6   0

Flávio Gikovate

Data de nascimento: 11. Janeiro 1943

Flávio Gikovate é um médico psiquiatra, psicoterapeuta e escritor brasileiro.

Formado pela USP em 1966, desde 1967 trabalha como psicoterapeuta, dedicando-se principalmente às técnicas breves de psicoterapia. Em 1970, foi assistente clínico no Institute of Psychiatry da Universidade de Londres.

Nos últimos trinta anos, escreveu 25 livros sobre problemas relacionados com a vida social, afetiva e sexual e seus reflexos na sociedade, alguns dos quais também publicados em língua espanhola.

Colabora regularmente com vários periódicos de grande circulação. Manteve uma coluna semanal sobre comportamento no jornal Folha de S. Paulo, entre 1980 e 1984 e, entre 1987 e 1999, uma página na revista mensal Claudia. Mantém um programa de rádio semanal na CBN além de frequentemente participar, como convidado, de programas de televisão. Entre 1991 e 1993, coordenou programas na Rede Bandeirantes de Televisão e uma primeira fase do talk-show Canal Livre.

É também conferencista, atuando em eventos dirigidos ao público em geral, como também naqueles voltados a quadros gerenciais e profissionais de psicologia ou de diferentes especialidades médicas.

Fez participações na novela Passione, como ele mesmo, ajudando o personagem Gérson, vivido por Marcello Antony.

Possui um canal no Youtube chamado Flávio Gikovate, neste canal ele fala sobre questões sociais.

É filho do médico polonês Febus Gikovate.

Citações Flávio Gikovate


„Os anos 60 só fizeram radicalizar o que já vinha acontecendo: com a descoberta da pílula anticoncepcional, parecia que era chegada a hora da total emancipação sexual das mulheres, até então limitadas pelo risco de gestações indesejadas. O tabu da virgindade rapidamente sucumbiu à nova ordem, ao contrário do que previram alguns psicólogos, segundo os quais nossos valores eram profundamente arraigados e que, portanto, resistiríamos mais às mudanças".‎“

„Quero insistir em que o que caracteriza e diferencia a amizade do amor não é a inexistência de trocas eróticas. [... ] O que caracteriza a amizade é, antes de tudo, seu caráter de afinidade intelectual, provocando um tipo de aconchego também intelectual, enquanto o amor determina aconchego físico, muito menos discriminado e no qual as afinidades podem ou não existir.“


„Conseguir parar de fumar é algo parecido com uma vitória olímpica. É uma conquista que honra o vencedor, resgata sua auto-estima, a força e a confiança na razão.“

„Atingir um estado de felicidade determina uma sensação subjetiva de medo é uma tendência nascida dentro do próprio indivíduo para a criação de sensações ou situações destruidoras do estado conquistado.“

„Quando o sentimento de inferioridade predomina, o indivíduo não pode deixar de admirar as pessoas que são totalmente diferentes.“

„No homem, uma infidelidade casual é uma coisa insignificante... quase o mesmo que ir a um cinema.“

Autores parecidos