„Importa orar sempre, e não deixar de fazê-lo.“

—  Vulgata

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História
Tópicos
sempre

Citações relacionadas

Antônio Carlos Jobim photo

„Minha vida sempre foi compor. Para deixar de fazê-lo, só se trocasse a composição pela felicidade.“

—  Antônio Carlos Jobim compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violonista brasileiro 1927 - 1994

Música
Fonte: RINGEL, David. Tom Jobim no Paredão. 1970. <sup> http://www.jobim.org/xmlui/handle/2010/10363 http://www.jobim.org/xmlui/bitstream/handle/2010/10363/pim542%202-4.jpg?sequence=4</sup>

Hermann Hesse photo
Aloizio Mercadante photo
Ozzy Osbourne photo
Tales de Mileto photo
Carlos Drummond de Andrade photo
Theodor Seuss Geisel photo
Marlon Brando photo

„Não importa com quem você se case, sempre acorda casado com outra pessoa.“

—  Marlon Brando 1924 - 2004

No matter who you get married to, you wake up married to somebody else.
Marlon Brando citado em "Wisecracks", Rosemarie Jarski - Contemporary Books, 1999, ISBN 0809225166, 9780809225163 - 268 páginas

Fernando Pessoa photo
Oscar Wilde photo
Millôr Fernandes photo

„Morrer é uma coisa que se deve deixar sempre pra depois“

—  Millôr Fernandes cartunista, humorista e dramaturgo brasileiro. 1923 - 2012

Donald Trump photo

„Eu sempre senti a necessidade de orar… Eu diria que o gabinete do presidente é tão poderoso que você precisa de Deus ainda mais.“

—  Donald Trump político e empresário estadunidense, 45º presidente dos Estados Unidos da América 1946

29 de janeiro de 2017

John Steinbeck photo
Tati Bernardi photo
Max Stirner photo

„O objetivo dos Governos é sempre o mesmo: limitar o indivíduo, domesticá-lo subordiná-lo, subjugá-lo.“

—  Max Stirner Filósofo Alemão 1806 - 1856

The purpose of the State is always the same: to limit the individual, to tame him, to subordinate him, to subjugate him.
Max Stirner in: The Ego and His Own (1845), como citado in: Politics - Página 56 https://books.google.com.br/books?id=kikdBQAAQBAJ&pg=PA56, Andrew Heywood - Palgrave Macmillan, 2013, ISBN 1137272449, 9781137272447, 520 páginas
Atribuidas