„A cigarra anuncia o incêndio de uma rosa vermelhíssima“

Citações relacionadas

Orival Pessini photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Gertrude Stein photo
Fernando Pessoa photo
Marshall McLuhan photo

„Os anúncios são a arte da caverna do vigésimo século.“

—  Marshall McLuhan 1911 - 1980

Ads are the cave art of the twentieth century.
Marshall McLuhan (1911-1980), Cultura é nosso Negócio (Culture Is Our Business) - página 48, Ballantine Books, 1972, 336 páginas

Antoine de Saint-Exupéry photo

„Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante.“

—  Antoine de Saint-Exupéry 1900 - 1944

O Pequeno Príncipe - página 69, de Antoine de Saint-Exupéry, publicado por Editora Agir, 1986

George Eliot photo

„Nunca choverão rosas: se quisermos mais rosas, teremos de plantar mais árvores.“

—  George Eliot 1819 - 1880

It will never rain roses: when we want to have more roses we must plant more trees
The Spanish Gypsy: A Poem‎ - Página 206 http://books.google.com.br/books?id=wwwOAAAAYAAJ&pg=PA206, de George Eliot - Publicado por Ticknor and Fields, 1868 - 287 páginas

Marquês de Maricá photo
Machado de Assis photo
Rogério Martins photo
Mário Quintana photo

„O cigarro é uma maneira disfarçada de suspirar.“

—  Mário Quintana Escritor brasileiro 1906 - 1994

Sapato florido‎ - página 27, Mário Quintana - Globo, 1948, 131 pp.
Frases e Poemas

„Queixo-me às rosas,
Mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti, ai“

—  Cartola

Trecho da música As Rosas Não Falam
Variante: As rosas não falam, simplesmente exalam o perfume que roubaram de ti.

Luiza Thomé photo

„Cigarro devia ser proibido no Brasil.“

—  Luiza Thomé 1961

No dia 4 de janeiro, no Sônia e Você, da TV Record

„A sociedade dirige os povos loucos com volúpia e chama-os de anúncios.“

—  John Lahr 1941

"Society drives people crazy with lust and calls it advertising".
Guardian (agosto 1989)

Plutarco photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“