„A bravura provém do sangue, a coragem provém do pensamento.“

Última atualização 15 de Agosto de 2019. História
Napoleão Bonaparte photo
Napoleão Bonaparte187
monarca francês, militar e líder político 1769 - 1821

Citações relacionadas

Mahátma Gándhí photo
Napoleão Bonaparte photo

„Todo homem luta com mais bravura por seus interesses do que por seus direitos.“

—  Napoleão Bonaparte monarca francês, militar e líder político 1769 - 1821

Variante: Todo o homem luta com mais bravura pelos seus interesses do que pelos seus direitos.

Dante Alighieri photo

„Tiveste sede de sangue, e eu de sangue te encho.“

—  Dante Alighieri italiano autor da epopéia, A divina comédia, considerado um entre os maiores poetas de todos os tempos; sua obra teve g… 1265 - 1321

„Eu não tenho coragem, coragem tinha meu filho. Eu tenho legitimidade.“

—  Zuzu Angel 1921 - 1976

"Eu, Zuzu Angel, procuro meu filho"‎ - Página 25, Virgínia Valli, Zuzu Angel - Editora Record, 1986 - 237 páginas

Friedrich Nietzsche photo
Andrea Dworkin photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Trungpa Rinpoché photo
Luiz Cristóvão dos Santos photo

„Espigado, de falar macio e andar cauteloso de gato do mato, cujo nome varava o Sertão como uma legenda de bravura.“

—  Luiz Cristóvão dos Santos 1916 - 1997

Sobre Manuel Neto, Capitão do Esquadrão de Cavalaria de Pernambuco em 1940
Jornal do Commércio - 02 de Dezembro de 1982

Mao Tsé-Tung photo

„A política é uma guerra sem derramamento de sangue, e a guerra uma política com derramamento de sangue.“

—  Mao Tsé-Tung político, teórico e revolucionário chinês e 1° Presidente da República Popular da China. 1893 - 1976

Ellie Goulding photo
Clarice Lispector photo
Mateo Alemán photo

„O sangue herda-se, o vício pega-se.“

—  Mateo Alemán escritor espanhol 1547 - 1614

Castro Alves photo

„Cai, orvalho de sangue do escravo“

—  Castro Alves Poeta Brasileiro 1847 - 1871

Máximo Gorki photo

„Não é com sangue que se há de sufocar a razão.“

—  Máximo Gorki 1868 - 1936

They will not drown reason in blood;
Mother - página 498, Maksim Gorky - D. Appleton and company, 1907 - 499 páginas

Marcel Jouhandeau photo