„Quero conhecer os pensamentos de Deus… O resto é detalhe“

Última atualização 16 de Agosto de 2020. História
Albert Einstein photo
Albert Einstein297
1879 - 1955

Citações relacionadas

Albert Einstein photo

„Eu quero saber como Deus criou este mundo. Não estou interessado neste ou naquele fenômeno, no espectro deste ou daquele elemento. Eu quero conhecer os pensamentos Dele, o resto são detalhes.“

—  Albert Einstein 1879 - 1955

Variante: Eu quero saber como Deus criou este mundo. Eu não estou interessado neste ou naquele fenômeno, no espectro deste ou daquele elemento. Eu quero saber os pensamentos dele; o resto são detalhes.

Ludwig Mies van der Rohe photo

„Deus está nos detalhes.“

—  Ludwig Mies van der Rohe 1886 - 1969

Gott ist in den Details
conforme citado em "Ludwig Mies van der Rohe: das europäische Werk (1907-1937)‎" - Página 422, de Wolfgang Frieg - 1976 - 521 páginas

Alphonse De Lamartine photo
Marguerite Yourcenar photo
José Luiz Datena photo

„O detalhe é o seguinte…“

—  José Luiz Datena jornalista brasileiro 1957

Atribuídas

Marilena Chaui photo

„Eu conheço Deus. Eu não acredito nele. Acreditar em Deus é esperar que ele se revele através dos textos sagrados. Conhecê-lo é exercer o trabalho de pensamento na direção de conhecer a estrutura do universo, do modo de realização.“

—  Marilena Chaui Filósofa brasileira 1941

Respondendo à questão de Paulo Markun, no Roda Vida http://www.rodaviva.fapesp.br/materia/61/entrevistados/marilena_chaui_1999.htm da TV Cultura, de 3 de maio de 1999.

Paulo Coelho photo
Sócrates photo
George Orwell photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Bhaktivedanta Swami Prabhupada photo
Tati Bernardi photo
Gottfried Wilhelm Leibniz photo
Edgar Allan Poe photo

„Todas as coisas criadas são pensamentos de Deus.“

—  Edgar Allan Poe, livro Tales

All created things are but the thoughts of God.
Tales (Poe)/Mesmeric Revelation

Daniel Galera photo

„Como tudo na vida tem seu detalhe bizarro, (…).“

—  Daniel Galera 1979

Até O Dia Em Que O Cão Morreu
Fonte: Companhia das Letras, primeira edição, primeira reimpressão, página 48

Tópicos relacionados