„Nunca aprendi a jogar futebol pois perdi muito tempo fazendo gols.“

Obtido da Wikiquote. Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História
Dadá Maravilha photo
Dadá Maravilha25
Ex-jogador de futebol 1946

Citações relacionadas

Dadá Maravilha photo
Diego Maradona photo

„Não posso mais jogar futebol porque estou uma bola.“

—  Diego Maradona futebolista argentino 1960

Diego Maradona, ex-jogador, comentando o seu excesso de peso
Fonte: Revista ISTO É, Edição n. 1782.

„Nunca fiz um gol de placa, mas fiz a placa do gol.“

—  Joelmir Beting Jornalista e sociólogo brasileiro 1936 - 2012

Fonte: Uol Esportes, Publicado dia 29/11/2012 http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/11/29/criador-do-termo-gol-de-placa-joelmir-beting-deixou-jornalismo-esportivo-por-amor-ao-palmeiras.htm

Neymar photo

„Tenho quase tudo do Ronaldo. Peguei vários vídeos com ele marcando gols, vídeo dele recebendo os prêmios de melhor do mundo (1996, 97 e 2002). E eu gosto de jogar com o Ronaldo no jogo de futebol do meu video game. Ele é bom demais“

—  Neymar futebolista brasileiro 1992

Sobre sa admiração por Ronaldo.
Verificadas
Fonte: O Globo.
Fonte: Neymar vai pedir camisa de Ronaldo e sonha estar na Copa de 2010 com o Fenômeno, Da Redação, O Globo http://oglobo.globo.com/esportes/neymar-vai-pedir-camisa-de-ronaldo-sonha-estar-na-copa-de-2010-com-fenomeno-3577233,

Dadá Maravilha photo
Dadá Maravilha photo
Câmara Cascudo photo

„Eles nem imaginam, mas eu nunca assisti a uma partida de futebol.“

—  Câmara Cascudo historiador e folclorista brasileiro. 1898 - 1986

Em entrevista à Audálio Dantas, em 1970, após ser convidado por torcedores que passavam na rua para comemorar a vitória da seleção brasileira de futebol contra o Uruguai, durante a Copa do Mundo do México, em junho de 1970.
Atribuídas
Fonte: DANTAS, Audálio. Câmara Cascudo e aquela do papagaio: Natal, 1970. Folha de São Paulo, Ilustríssima, 16 de março de 2014, p. 9.

Tati Bernardi photo
Armando Nogueira photo

„Choremos a alegria de uma campanha admirável em que o Brasil fez futebol de fantasia, fazendo amigos. Fazendo irmãos em todos os continentes.“

—  Armando Nogueira 1927 - 2010

Sobre a Conquista do Tri em 1970
Bola na rede‎ - Página 163, Armando Nogueira - J. Olympio, 1973 - 191 páginas

Rogério Ceni photo

„Esse gol é para toda a nação são-paulina e para a entidade São Paulo Futebol Clube, que luta contra tanta coisa ruim no futebol. Quero dedicar a todos os caras que enfrentam dificuldades e trazem benefícios para o futebol brasileiro. Gente que quer dividir com todos, gente justa que quer o melhor para o futebol, que não quer só ganhar dinheiro“

—  Rogério Ceni futebolista brasileiro 1973

Ao termino da partida em que atingiu a marca de 100 gols, jogando em casa contra o Corinthians Paulista. Ele dedicou momento histórico(esse gol, além de ser seu centésimo também foi o que garantiu a vitória por 2 X 1, encerrando um tabu de quase cinco anos sem vencer o rival) à torcida e ao clube, além de fazer uma possível crítica à administração da CBF e do próprio Corinthians, que colocam seus interesses monetários acima dos ideais de boa prática do esporte e isonomia entre os clubes pregado pelo São Paulo.
Fonte: "Rogério dedica 100º gol ao São Paulo e faz desabafo político" http://video.br.msn.com/watch/video/rogerio-dedica-100-gol-ao-sao-paulo-e-faz-desabafo-politico/1rg5u96e6 27/03/11 ESPN - MSN Vídeo

Dadá Maravilha photo
Johan Cruijff photo

„Se temos a bola, eles não podem marcar gols.“

—  Johan Cruijff 1947 - 2016

"Als wij de bal hebben, kennen zij niet scoren."
KUPER, Simon (setembro de 2009). Cruyff. FourFourTwo n. 9. Editora Cádiz, pp. 42-53
Atribuídas

Johan Cruijff photo

„Para ganhar você tem de marcar mais gols do que o oponente.“

—  Johan Cruijff 1947 - 2016

"Om te winnen moet je altijd meer goals scoren dan je tegenstander"
KUPER, Simon (setembro de 2009). Cruyff. FourFourTwo n. 9. Editora Cádiz, pp. 42-53
Atribuídas

Terry Pratchett photo
Luis Fernando Verissimo photo

„Eu era contra a crase até aprender a usá-la. Hoje, eu a defendo, para não concluir que perdi meu tempo.“

—  Luis Fernando Verissimo Escritor e cronista brasileiro 1936

em entrevista a Luiz Costa Pereira Jr., colunista do site UOL, concedida em outubro de 2005.

„Balançou o capim no fundo do gol!“

—  Silvio Luiz 1934

quando acontece um gol, pronuncia capim referindo-se às redes

Carlos Alberto Parreira photo

Tópicos relacionados