„Excerto da poesia DESENHO (…) - aprendi com as primaveras/a deixar-me cortar e a voltar sempre inteira.“

(...) Cecília Meireles,
Fonte: Mar absoluto

Última atualização 21 de Maio de 2020. História

Citações relacionadas

Clarice Lispector photo
Teixeira de Pascoaes photo
Aloizio Mercadante photo
Carlos Drummond de Andrade photo
Renato Russo photo
Oswald de Andrade photo

„Aprendi com meu filho de dez anos/ Que a poesia é a descoberta/ Das coisas que eu nunca vi.“

—  Oswald de Andrade 1890 - 1954

poema "3 de maio"; Pau-Brasil Uma poética da radicalidade Obras completas de Oswald de Andrade. Por Oswald de Andrade, Haroldo de Campos, Publicado por Globo, 1990, 145 páginas
Escritos, O Sul-Americano Calabar

Tommy Lee photo

„Depois que a canção está feita e gravada, eu gostaria de voltar e, depois, cortar os tambores, porque então eu sei exatamente o que é necessário à canção, e aquilo que ela não precisa.“

—  Tommy Lee baterista grego 1962

Once the song is done and recorded, I like to go back and then cut the drums, because then I know exactly what the song needs, and what it doesn't need. http://www.ink19.com/issues/august2002/interviews/tommyLee.html

Jules Renard photo
Fernando Alonso photo

„Deixar Schumacher para trás é sempre legal. Você fica falando disso durante a semana inteira“

—  Fernando Alonso piloto espanhol de Fórmula 1 1981

Verificadas
Fonte: UOL Esporte. Publicado em 02/05/2010.
Fonte: Alonso: "Deixar Schumacher para trás é sempre legal" - 02/05/2010 http://esporte.uol.com.br/f1/ultimas-noticias/2010/05/02/alonso-deixar-schumacher-para-tras-e-sempre-legal.jhtm

Cecília Meireles photo
Cecília Meireles photo
Paulinho da Viola photo
Jean Auguste Dominique Ingres photo

„O desenho é a probalidade da arte“

—  Jean Auguste Dominique Ingres 1780 - 1867

Drawing is the probity of art
citado em "French art, classic and contemporary, painting and sculpture" - página 36, William Crary Brownell - C. Scribner's sons, 1901
Variante: O desejo é o real teste da arte.

Heinrich Böll photo

„A poesia é a impressão de estar sempre em contato com a morte.“

—  Heinrich Böll 1917 - 1985

Variante: A poesia é a impressão de estar sempre em contacto com a morte.

Renato Russo photo
João Guimarães Rosa photo