„As ações dos homens são as melhores intérpretes de seus pensamentos.“

citado em "Dicionário Locke‎" - Página 25, de John W Yolton - Publicado por Jorge Zahar Editor Ltda, 1996, ISBN 8571103615, 9788571103610
the actions of men the best interpreters of their thoughts.
An Essay Concerning Human Understanding: With the Author's Last Additions ...‎ - Página 33 http://books.google.com.br/books?id=r8YIAAAAQAAJ&pg=PA33, de John Locke, J F Dove, Thomas James Cobden-Sanderson - Publicado por Printed and sold by J.F. Dove, 1828 - 590 páginas
Variante: Sempre considerei as acções dos homens como as melhores intérpretes dos seus pensamentos.

Original

I have always thought the actions of men the best interpreters of their thoughts.

Book 1, Ch. 3, sec. 3
An Essay Concerning Human Understanding (1689)
Variante: The actions of men are the best interpreters of their thoughts.

Última atualização 23 de Maio de 2020. História
John Locke photo
John Locke43
Filósofo e médico inglês. pai do liberalismo clássico. 1632 - 1704
Editar

Citações relacionadas

John Locke photo

„Nossas ações são as melhores interpretações de nossos pensamentos.“

—  John Locke Filósofo e médico inglês. pai do liberalismo clássico. 1632 - 1704

Henri Bergson photo

„Pense como um homem de ação, atue como um homem de pensamento.“

—  Henri Bergson 1859 - 1941

Variante: Pense como um homem de ação, aja como um homem de reflexão.

Bruce Lee photo

„A finalidade do homem é a ação, não o pensamento, embora este seja nobre.“

—  Bruce Lee Ator chinês-americano, artista marcial 1940 - 1973

Atribuídas, Aforismos

Sigmund Freud photo
Marquês de Maricá photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Josemaría Escrivá de Balaguer photo

„O pedante interpreta a simplicidade e a humildade do homem sábio como ignorância.“

—  Josemaría Escrivá de Balaguer Santo da Igreja Católica Apostólica Romana, fundador da prelazia Santa Cruz e Opus Dei 1902 - 1975

Hans Vaihinger photo

„A finalidade ultima e propriamente dita do pensamento é a ação e a possibilidade da ação.“

—  Hans Vaihinger professor académico alemão 1852 - 1933

A filosofia do como se, página 2005, Hans Vaihinger; Tradução e apresentação de Johannes Kretschmer - Chapecó: Argos, 2011 - 723 páginas.
A Filosofia do como se (1911), Parte I

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Og Mandino photo
Friedrich Nietzsche photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Wilhelm Reich photo
Vincent Van Gogh photo
Swami Sivananda photo
Pearl S.  Buck photo
William Hazlitt photo
Fernando Pessoa photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Charles Bukowski photo

„Parecia melhor adiar o pensamento.“

—  Charles Bukowski Poeta, Escritor e Romancista 1920 - 1994

Tópicos relacionados