Frases de Yoshida Shōin

Yoshida Shōin photo
0   0

Yoshida Shōin

Data de nascimento: 20. Setembro 1830
Data de falecimento: 21. Novembro 1859

Yoshida Shōin foi um dos intelectuais japoneses mais importantes do século XIX, especialmente na segunda metade do período Tokugawa. Nasceu em Chōshū e pertenceu a uma família samurai. Com apenas oito anos, Yoshida começou a frequentar a universidade, impressionando, com somente dez anos, a família do daimyo Mori numa conferência sobre estratégia militar.

Quando Mathew Perry chegou com a sua frota à costas japonesas, Yoshida tentou manter-se em contacto com ele através de cartas. Posteriormente, tentou com a ajuda de um colega, aceder a um dos barcos do oficial norte-americano, contudo os membros do navio recusaram o seu acesso. Pouco depois, ele foi preso por tropas leais ao Bakufu. Depois de passar algum tempo na prisão, foi-lhe concedida prisão domiciliar. Yoshida foi proibido de viajar, assim, utilizou a ajuda dos seus alunos para se manter informado do que ocorria em todas as partes do Japão.

Em 1858, Naosike Ii, responsável pelos acordos com as potências ocidentais, devido à chegada de Perry, ordenou a detenção e prisão de muitos dos seguidores de Yoshida. Então, ele decidiu liderar uma revolta. Na falta do mesmo, ele foi preso novamente em Choshu. Um ano depois, com 29 anos, Yoshida foi executado. Alguns dos seus discípulos, como Takasugi Shinsaku e Itō Hirobumi ficaram conhecidos, e quase todos os sobreviventes do grupo formado por Yoshida Shoin, tomaram parte ativa na Restauração Meiji.

Citações Yoshida Shōin

„If, on the contrary, arms are taken up in a selfish struggle to win land, goods, people, and the implements of war, is it not the worst of all evils, the most heinous of all offenses?“

—  Yoshida Shoin
Context: Those who take up the science of war must not fail to master the [Confucian] Classics. The reason is that arms are dangerous instruments and not necessarily forced for good. How can we safely entrust them to any but those who have schooled themselves in the precepts of the Classics and can use these weapons for the realization of Humanity and Righteousness? To quell violence and disorder, to repulse barbarians and brigands, to rescue living souls from agony and torture, to save the nation from imminent downfall-these are the true ends of Humanity and Righteousness. If, on the contrary, arms are taken up in a selfish struggle to win land, goods, people, and the implements of war, is it not the worst of all evils, the most heinous of all offenses? If, further, the study of offensive and defensive warfare, of the way to certain victory in all encounters, is not based on those principles which should govern their employment, who can say that such venture will not result in just such a misfortune? Therefore, I say that those who take up the science of war must not fail to master the Classics. Vol. II.

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating
Aniversários de hoje
Otto Von Bismarck photo
Otto Von Bismarck28
Político e chanceler alemão 1815 - 1898
Martha Graham photo
Martha Graham6
1894 - 1991
Anton Semjonovič Makarenko photo
Anton Semjonovič Makarenko2
concepcoes pedagógicas 1888 - 1939
Outros 49 aniversários hoje
x