Frases de Simon Wiesenthal

Simon Wiesenthal foto
0  0

Simon Wiesenthal

Data de nascimento: 31. Dezembro 1908
Data de falecimento: 20. Setembro 2005

Publicidade

Simon Wiesenthal KBE foi um caçador de nazis e escritor. Foi um sobrevivente do Holocausto que ficou famoso depois da Segunda Guerra Mundial pelo seu trabalho na perseguição e captura de nazis.

Wiesenthal estudou arquitectura e vivia em Lviv no início da guerra. Depois de ter sido forçado a trabalhar como escravo nos campos de concentração nazis de Janowska, Kraków-Płaszów e Mauthausen-Gusen durante a guerra, Wiesenthal dedicou a maior parte da sua vida a recolher informações sobre criminosos de guerra nazis em fuga por forma a que pudessem ser levados a tribunal. Em 1947, foi um dos fundadores do Centro de Documentação Histórica Judaica em Linz, na Áustria, onde ele e outros recolhiam informação para futuros julgamentos de crimes de guerra, e ajudavam refugiados na procura de parentes desaparecidos. Em 1961, abriu o Centro de Documentação Judaico em Viena continuando a tentar localizar criminosos de guerra nazis desaparecidos. Teve um pequeno papel na localização de Adolf Eichmann, que foi capturado em Buenos Aires em 1960, e trabalhou de perto com o Ministério da Justiça austríaco na preparação de um dossier sobre Franz Stangl, o qual foi sentenciado a prisão perpétua em 1971.

Nas décadas de 1970 e 1980, Wiesenthal participou em duas situações onde estavam envolvidos políticos austríacos de topo. Pouco depois de Bruno Kreisky ter sido nomeado chanceler austríaco em Abril de 1970, Wiesenthal chamou a atenção da imprensa para o facto de quatro dos membros nomeados para o seu gabinete terem feito parte do Partido Nazi. Kreisky, enfurecido, chamou "fascista judeu" a Wiesenthal, ligou a sua organização à Máfia, e acusou-o de colaborar com os nazis. Wiesenthal processou-o, com sucesso, por difamação, num processo que terminou em 1989. Em 1986, Wiesenthal esteve envolvido no caso de Kurt Waldheim, cujo passado nazi foi revelado nas eleições presidenciais de 1986. Wiesenthal, envergonhado por, anteriormente, ter ilibado Waldheim de qualquer delito, passou por um momento negativo na sua vida.

Com uma reputação de contador de histórias, Wiesenthal foi o autor de várias memórias vagamente baseadas em eventos reais. Em particular, exagerou o seu papel na captura de Eichmann em 1960. Wiesenthal morreu durante o sono com 96 anos de idade, em Viena, a 20 de Setembro de 2005, sendo sepultado na cidade de Herzliya em Israel. O Centro Simon Wiesenthal, localizado em Los Angeles, é assim designado em sua honra.

Citações Simon Wiesenthal

„There is no freedom without justice.“

— Simon Wiesenthal
Although this maxim is associated with Wiesenthal (e.g. "Honoring Simon Wiesenthal", Congressional Record—House, Vol. 151, Pt. 15, 21 September 2005, p. 20804), he did not originate the quote, which appears in the context of the labor movement in the 19th century (e.g. Alexander Spencer, "Maintain Your Union", The Typographical Journal, Vol. 10, No. 7, 1 April 1897, p. 266).

Aniversários de hoje
Dilma Rousseff foto
Dilma Rousseff34
Ex-presidente do Brasil 1947
Teixeira de Pascoaes foto
Teixeira de Pascoaes42
1877 - 1952
George Washington foto
George Washington20
primeiro presidente dos Estados Unidos da América 1732 - 1799
Outros 55 aniversários hoje
Autores parecidos