Frases de Richard Strauss

Richard Strauss foto
1  0

Richard Strauss

Data de nascimento: 11. Junho 1864
Data de falecimento: 8. Setembro 1949

Publicidade

Richard Georg Strauss foi um compositor e maestro alemão. É considerado como um dos mais destacados representantes da música entre o final da Era Romântica e a primeira metade do século XX.

É conhecido por suas óperas, sobretudo Der Rosenkavalier e Salomé; por suas lieder, especialmente Quatro Últimas Canções , por seus poemas sinfônicos, como Till Eulenspiegels lustige Streiche, Also sprach Zarathustra, Morte e Transfiguração , Uma Sinfonia Alpina e grandes obras orquestrais, como Metamorphosen, geralmente interpretada como uma meditação sobre a bestialidade da guerra - diante da Alemanha devastada pela guerra, da destruição de Munique e de lugares muito caros ao compositor, como a Ópera da sua cidade, onde ele atuara como principal maestro, entre 1894 e 1896.

Strauss se notabilizou como maestro na Alemanha e na Áustria. Com Gustav Mahler, é um dos principais representantes do Romantismo alemão tardio, depois de Richard Wagner.

Citações Richard Strauss

Publicidade

„Man (in B major) asks: When? When? Nature, (in C Major) answers from the depths Never, never, never will the weather improve".“

— Richard Strauss
Whilst composing Also Sprach Zarthustra, Strauss made this joke about the Bavaria weather to his friend, the conductor Max von Schillings. Quoted in Kurt Wilhelm, Richard Strauss - an intimate portrait, page 73.

Publicidade

„I am not one to compose long melodies as did Mozart. I can’t get beyond short themes. But what I can do, is utilize such a theme, paraphrase it and extract everything that is in it, and I don’t think there’s anybody today who can match me in that.“

— Richard Strauss
Quotes from Stefan Zweigs's posthumous memoire, The World of Yesterday. Zweig worked with Strauss closely on the opera The Silent Woman in the period 1931-1934 and got to know him well.

„My wife, my child, my music, Nature and the sun; they are my happiness.“

— Richard Strauss
written on the sketches for his Domestic Symphony. Charles Youmans, Mahler and Strauss in Dialogue, Indiana University press (2016), found on page 60.

Publicidade

„I hope, most revered Maestro, that these metronome markings, in my opinion wholly unneeded by you, are specific enough. Where they do not fit with your conception, I implore you urgently just to ignore them.“

— Richard Strauss
Letter to Hans Von Bulow, 15th January 1890, in Schuh and Trenner, Hans von Bulow and Richard Strauss: Correspondence, in English Boosey and Hawkes 1955. Von Bulow had asked for metronome markings from Strauss for Don Juan. [Italics Strauss]

Próximo