Frases de Melisso de Samos

Melisso de Samos foto
8  0

Melisso de Samos

Data de nascimento: 470 a.C.
Data de falecimento: 430 a.C.

Publicidade

Melisso de Samos foi um militar, político, filósofo e poeta grego.

Ele nasceu na ilha de Samos, Mar Egeu, em c.470 a.C.. Melisso foi um filósofo da Escola eleática, sendo, provavelmente, discípulo de Parmênides.

Provavelmente o filósofo é o mesmo Melisso que Plutarco menciona como comandante da frota de Samos, que derrotou os atenienses em 442 a.C..

Um estadista e comandante naval sâmio que também contribuiu com a filosofia, e produziu influência no atomismo de Leucipo e Demócrito, tornando-se um dos continuadores da escola eleática, os quais tenderam a conciliações. Inicialmente o militar, desempenhou papel de relevância na política grega, como comandante da esquadra naval que derrotou os atenienses de Péricles . Praticamente este é a única ação que se sabe de sua vida e como filósofo, que tenha atingido o apogeu de sua existência pelos anos posteriores a esta batalha . Pela sua obra depreende-se que foi mais um polemista e defensor das idéias de Parmênides de Eleia, portanto antipitagórico, e sobretudo contra Empédocles, não se sabe todavia como teria tomado contato com as doutrinas da escola ocidental. Tratou de ajustar os extremismos do eleaticismo com a filosofia jônica, tornando-se responsável pela sistematização dessa doutrina, além de mudar alguns pontos de vista, e estabeleceu que o ser é infinito, tal como é infinito no tempo, ou seja eterno. Seu principal poema foi Sobre o ser ou Sobre a Natureza, do qual se conservaram até nossos dias dez fragmentos, e morreu em lugar incerto. Simplício se referiu a um seu livro, denominando-o Tratado sobre a física ou do ente.

Citações Melisso de Samos

Publicidade
Publicidade

„What was was ever, and ever shall be. For, if it had come into being, it needs must have been nothing before it came into being. Now, if it were nothing, in no wise could anything have arisen out of nothing.“

— Melissus of Samos
Context: What was was ever, and ever shall be. For, if it had come into being, it needs must have been nothing before it came into being. Now, if it were nothing, in no wise could anything have arisen out of nothing.

„Nor is anything empty: For what is empty is nothing. What is nothing cannot be.Nor does it move; for it has nowhere to betake itself to, but is full. For if there were aught empty, it would betake itself to the empty. But, since there is naught empty, it has nowhere to betake itself to.“

— Melissus of Samos
Context: Nor is anything empty: For what is empty is nothing. What is nothing cannot be.Nor does it move; for it has nowhere to betake itself to, but is full. For if there were aught empty, it would betake itself to the empty. But, since there is naught empty, it has nowhere to betake itself to.