Frases de Lafcádio Hearn

Lafcádio Hearn foto
0  0

Lafcádio Hearn

Data de nascimento: 27. Junho 1850
Data de falecimento: 26. Setembro 1904

Publicidade

Patrick Lafcádio Hearn , também conhecido como Koizumi Yakumo , nome que adotou após adquirir cidadania japonesa, foi um jornalista e escritor conhecido por seus livros a respeito do Japão. Ele é especialmente conhecido pelos japoneses devido às suas coleções de contos de fadas, um dos quais foi transformado em filme por Masaki Kobayashi . Viveu muito tempo no Japão e conquistou, com sua obra, grande renome internacional.

Citações Lafcádio Hearn

Publicidade

„Japanese affection is not uttered in words; it scarcely appears even in the tone of voice; it is chiefly shown in acts of exquisite courtesy and kindness.“

— Lafcadio Hearn
"Of the Eternal Feminine" (1893), cited from Out of the East; and, Kokoro (Boston: Houghton Mifflin, 1922) p. 79.

„Whatever doubts or vexations one has in Japan, it is only necessary to ask one's self: "Well, who are the best people to live with?"“

— Lafcadio Hearn
Letter to Ernest Fenollosa, August 1891, cited from Elizabeth Bisland (ed.) Life and Letters (Boston: Houghton Mifflin, 1922) vol. 2, p. 160.

„How sweet Japanese woman is! All the possibilities of the race for goodness seem to be concentrated in her.“

— Lafcadio Hearn
Letter to Basil Hall Chamberlain, cited from Basil Hall Chamberlain Things Japanese (London: Kegan Paul, 1891) p. 453.

Publicidade

„He is the writer in our language who can best be compared with Hans Christian Andersen and the brothers Grimm.“

— Lafcadio Hearn
Malcolm Cowley, in Henry Goodman (ed.) The Selected Writings of Lafcadio Hearn (New York: Citadel Press, 1949) p. 15.