Frases de Khalid ibn al-Walid

Khalid ibn al-Walid photo
0   0

Khalid ibn al-Walid

Data de nascimento: 592
Data de falecimento: 642

Publicidade

Abu Soleimão Calide ibne Ualide ibne Almogira Almaczuni , melhor conhecido apenas como Calide ibne Ualide/Alvelide , mas também chamado Caledo por Teófanes, o Confessor e Calebo por Jorge Cedreno e designado Ceife Alá Almaslul , foi um companheiro de Maomé. É reconhecido por suas táticas e proeza militar, comandando as forças de Medina sob Maomé e as forças de seus sucessores imediatos do Califado Ortodoxo, Abacar e Omar. Foi sob sua liderança militar que a Arábia, pela primeira vez na história, foi unida sob uma única entidade política. Comandando as forças do nascente Estado islâmico, foi vitorioso numa centena de batalhas, contra as forças do Império Bizantino, Império Sassânida e seus aliados, além de outras tribos árabes. Suas realizações estratégicas incluíram a conquista da Arábia durante as Guerras Rida, o Assoristão e Síria entre 632 e 636. Ele é também lembrado por suas vitórias decisivas em Jamama, Ulais e Firaz e seus sucessos táticos em Ualaja e Jarmuque.

Calide era de uma tribo mecana dos coraixitas, de um clã inicialmente opositor de Maomé. Desempenhou papel vital na vitória mecana na Batalha de Uhud contra os muçulmanos. Converteu-se ao islamismo, e juntou-se a Maomé após o Tratado de Hudaibia e participou em várias expedições, como a Batalha de Muta, que foi a primeira batalha entre bizantinos e muçulmanos. Calide relatou que a luta foi tão intensa que, enquanto lutava, quebrou nove espadas. Isso lhe rendeu o título de "Espada de Alá". Calide assumiu o comando após Zaide, Jafar e Abdalá serem mortos. Após a morte de Maomé, desempenhou papel chave na chefia das forças medinenses a Abacar nas Guerras Rida, conquistando a Arábia Central e subjugando as tribos árabes. Capturou o Estado cliente do Império Sassânida dos lacmidas de Hira e derrotou as forças sassânidas durante sua conquista do Assoristão. Ele foi depois transferido ao fronte ocidental para capturar a Síria e o Estado cliente do Império Bizantino dos gassânidas.

Embora Omar depois retirou-o do alto comando, Calide permaneceu um líder efetivo das forças enviadas contra o Império Bizantino durante os primeiros estágios das guerras bizantino-árabes. Sob seu comando, Damasco foi capturada em 634 e a vitória árabe chave na Batalha de Jarmuque de 636 permitiu a conquista do Bilade Axam . Em 638, foi removido de seus serviços militares. Calide lutou cerca de 200 batalhas, tanto grandes batalhas como pequenas escaramuças e duelos individuais, durante sua carreira militar. Ao permanecer invicto, alguns alegam que foi um dos melhores generais na história.

== Referências ==

Citações Khalid ibn al-Walid

„Submit to Islam and be safe. Or agree to the payment of the Jizya (tax), and you and your people will be under our protection, else you will have only yourself to blame for the consequences, for I bring the men who desire death as ardently as you desire life.“

—  Khalid ibn al-Walid
This letter was written by Khalid, from his head-quarters in Babylonia, to the Persian monarch Emperor Yazdegerd III before invading it. (History of the World, Volume IV [Book XII. The Mohammedan Ascendency], page 463, by John Clark Ridpath, LL.D. 1910.)