Frases de Jorge II da Grã-Bretanha

Jorge II da Grã-Bretanha photo
0  0

Jorge II da Grã-Bretanha

Data de nascimento: 30. Outubro 1683
Data de falecimento: 25. Outubro 1760

Publicidade

Jorge II , da Casa de Hanôver, foi Rei da Grã-Bretanha e Irlanda de 1727 até à sua morte. Foi ainda príncipe-eleitor de Hanôver e duque de Brunsvique-Luneburgo.

Jorge foi o último monarca britânico a nascer fora da Grã-Bretanha: nasceu e foi criado no norte do Sacro Império Romano-Germânico. Em 1701, a sua avó, a princesa Sofia de Hanôver, ficou no segundo lugar na linha de sucessão ao trono britânico depois de cerca de cinquenta católicos que estavam mais próximos do trono do que ela serem excluídos devido ao Decreto de Estabelecimento de 1701 que restringiu a sucessão a protestantes. Depois que Sofia e a rainha Ana morreram em 1714, o seu pai, Jorge I, príncipe-eleitor de Hanôver, herdou o trono britânico. Durante os primeiros anos do reinado do seu pai, Jorge foi associado a políticos da oposição até eles se juntarem novamente ao partido governante em 1720.

Rei a partir de 1727, Jorge tinha pouco domínio sobre a política interna da Grã-Bretanha que era controlada majoritariamente pelo parlamento do país. Como príncipe-eleitor, passou doze vezes o verão em Hanôver onde tinha um controle mais directo sobre a política do governo. Tinha uma relação difícil com seu filho mais velho, Frederico, que apoiava a oposição do parlamento. Durante a Guerra de Sucessão Austríaca, Jorge participou na Batalha de Dettingen, em 1743, e assim tornou-se o último monarca britânico a liderar um exército durante uma batalha. Em 1745, apoiantes do pretendente católico ao trono, Jaime Francisco Eduardo Stuart , liderados pelo seu filho, Carlos Eduardo Stuart , tentaram sem sucesso depor Jorge na última das rebeliões jacobitas. Depois da morte inesperada de Frederico em 1751, o neto de Jorge, Jorge III, tornou-se herdeiro aparente do trono, acabando por se tornar rei após a sua morte.

Durante os dois séculos que se seguiram à sua morte, a história desconsiderou Jorge II, concentrando os relatos sobre a sua vida nas suas amantes, mau feitio e aborrecimento. No entanto, a partir daí, alguns intelectuais têm vindo a reavaliar o seu legado e concluíram que o rei tinha e exercia a sua influência na política externa e em assuntos militares.

Citações Jorge II da Grã-Bretanha

„I hate bainting, and boetry too! Neither the one nor the other ever did any good.“

— George II of Great Britain
John Ireland Hogarth Illustrated (1791); cited from John Ireland and John Nichols Hogarth's Works (1883) p. 122. Later sources usually quote this as "I hate all bainters and boets!", or as "Damn the bainters and the boets too!" The saying is often misattributed to George I.

„If he is mad, so much the better; and if he is mad, I hope to God he’ll bite some of my generals.“

— George II of Great Britain
The New-York Magazine (November 1791) p. 662. On being warned by the Duke of Newcastle, in 1758, against promoting James Wolfe. Often quoted as "Mad, is he? Then I hope he will bite some of my other generals."

Publicidade

„No, I'll have mistresses.“

— George II of Great Britain
William M. White Emmanuel Swedenborg ([1856] 1867) vol. 2, p. 308. Tearfully answering his wife, Queen Caroline, who as she lay dying had urged him to marry again.

Aniversários de hoje
Viktor Frankl photo
Viktor Frankl8
1905 - 1997
Ludwig Van Beethoven photo
Ludwig Van Beethoven41
compositor alemão 1770 - 1827
Walt Whitman photo
Walt Whitman43
1819 - 1892
Outros 74 aniversários hoje
Autores parecidos